Publicidade
Esportes
TEM VAGA?

Após sair do banco e marcar, Mari pode pintar em time titular do Hulk na final

A jogadora se recupera de lesão, brilha na primeira partida final e pode voltar à equipe principal do Iranduba no Amazonense Feminino 08/11/2017 às 00:39 - Atualizado em 08/11/2017 às 09:59
Show zcr0408 01f
Não foi só nesta final que Mari marcou. No ano passado, a meia já balançou as redes na partida decisiva diante do Manaus, que definiu o hexa do Hulk da Amazônia. (Foto: Jair Araújo)
Valter Cardoso Manaus

A grande final do Campeonato Amazonense de Futebol Feminino se aproxima e, com o passar dos dias, cresce também a expectativa das jogadoras, principalmente de quem é acostumada a brilhar em decisões. Reserva do Iranduba no primeiro jogo da final do Barezão Feminino, Mari busca retomar à titularidade para ajudar o time conquistar o heptacampeonato estadual.

“Para mim, a expectativa é a melhor possível. Apesar de que neste ano eu tive a lesão, eu acho que comecei a jogar a partir do quinto jogo, até eu pegar ritmo tive dificuldade e aí consegui voltar para o time titular. Mas a expectativa é das melhores, espero poder ajudar se eu entrar e eu acho que tenho espaço (risos). Acho que sempre vou ter espaço, mas preciso trabalhar forte”, revelou a meia, bem humorada.

A presença de Mari no banco de reservas do Hulk da Amazônia não diminui a importância dela dentro do elenco.  A jogadora precisou de menos de dez minutos em campo, na última partida, para mostrar que segue com fome de bola e marcar o segundo gol do Iranduba no último sábado (4).   

Independente da titularidade, a palavra de ordem agora é só uma: trabalho.  “Estamos bem focadas, estamos trabalhando forte porque sabemos da dificuldade da final e da pressão, mas estamos bem tranquilas em relação a isso”, garantiu Mari.

Mudança no foco

Se no começo do ano a disputa do Campeonato Amazonense de Futebol Feminino parecia colocada de escanteio pelo Iranduba, Mari reconhece que o foco na competição surpreendeu. A poucos dias da estreia, o Hulk passou a anunciar inúmeros reforços e voltou todas as atenções para a disputa do estadual. “Eu não esperava. No começo, até porque não tinham todas essas jogadoras. Mas eu acho que foi bom para o campeonato, bom para a cidade, até porque eleva o nível e isso é bom para todo mundo”, finalizou.