Publicidade
Esportes
Craque

Argentina conta com Messi para vencer Alemanha em Frankfurt

O camisa 10 vive um momento especial representando seu país, com sete gols nas últimas três partidas, e espera ajudar sua seleção a vencer os carrascos da Argentina no mundial de 2010 15/08/2012 às 10:37
Show 1
Messi vive um momento especial representando seu país, com sete gols nas últimas três partidas
Jornal A Crítica Manaus (AM)

Cada vez mais consolidado como melhor jogador em atividade, e em fim de uma boa pré-temporada com o Barcelona, em que marcou cinco gols, o atacante Messi volta nesta quarta-feira (15) à seleção argentina para enfrentar a Alemanha, às 14h45 (Manaus), em amistoso preparatório para as eliminatórias da Copa do Mundo de 2014, em Frankfurt. O camisa 10 também vive um momento especial representando seu país, com sete gols nas últimas três partidas, e espera ajudar sua seleção a vencer os carrascos da Argentina no mundial de 2010, na África do Sul - na ocasião a Alemanha despachou os hermanos com uma goleada de 4 a 0, nas quartas de finais. Os números com a camisa azul e branco, de acordo com o jogador, são resultado do bom ambiente na seleção.

“Sou feliz representando meu país. A verdade é que eu me divirto muito com alguns companheiros”, explicou em seu microblog.

Apesar do peso do adversário, e de atuar na casa do rival, Lionel Messi pretende utilizar o amistoso contra a Alemanha para outros desafios que a equipe terá em 2012. “Devemos seguir buscando a melhor forma para as eliminatórias”, admitiu ao citar os quatro jogos que a seleção terá na busca pela classificação para o Mundial.

Na seleção alemã, há uma sensação de muito respeito ao craque Lionel Messi. O volante Khedira, que o conhece bem dos confrontos entre Barcelona e Real Madrid, “reconheceu” o talento do rival. “Sem dúvida Leo Messi é um jogador de classe mundial”, disse, mas frisou que “A Argentina não é apenas Messi”. “É sempre algo especial jogar contra os melhores do mundo e, definitivamente, Messi está entre eles. Mas Di María e Higuaín também fazem parte deste grupo”, completou Khedira.

Passados dois anos da goleada histórica, no entanto, os alemães veem o adversário diferente e apontaram que dificilmente terão a mesma facilidade para vencê-lo. “Temos que melhorar em comparação a 2010. Eles tornaram-se mais flexíveis, possuem um elenco mais extenso. Também fazemos todo o possível para obter um desempenho superior. Estamos tentando nos tornar ainda melhor, cada indivíduo, mas também como uma equipe”, completou o atacante Marco Reus.

Melhor jogador

O argentino Lionel Messi, o espanhol Andrés Iniesta, ambos do Barcelona, e o português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, são os finalistas da segunda edição do prêmio de melhor jogador da Uefa, anunciada ontem. O vencedor, escolhido por jornalistas europeus, será anunciado em 30 de agosto. A premiação acontecerá durante o sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões, que acontecerá em Mônaco. No ano passado, Messi venceu a primeira edição do prêmio. A lista dos três finalistas foi configurada após os votos dos jornalistas dos 53 países membros da entidade que comanda o futebol europeu. O meia italiano Andrea Pirlo da Juventus foi o quarto e o meia espanhol  Xavi do Barça, o quinto da lista.