Publicidade
Esportes
ANSIOSO

Atacante do Nacional que jogou na China vive expectativa de acordo com chineses

Atacante Paulo Roberto atuou por uma temporada no futebol da China e comemora a futura parceria que o Nacional afirma estar prestes a fechar. Enquanto acordo não é selado, Leão mira estreia na Série D 19/04/2018 às 15:17 - Atualizado em 19/04/2018 às 19:09
Show apo
Rodado no futebol, Paulo Roberto vê com bons olhos acordo com chineses. Foto: Evandro Seixas
Denir Simplício Manaus (AM)

Às vésperas da estreia no Brasileirão da Série D, o Nacional ainda aguarda a assinatura do tão aguardado contrato com o chineses. Mas enquanto o acordo não é sacramentado, um jogador em especial tem muitos motivos pra comemorar a parceria com os orientais. O atacante Paulo Roberto atuou por uma temporada no futebol chinês e vê com bons olhos a futura com a China.

“Soube da parceria quando já estava aqui e fiquei feliz demais. Até por ter jogado lá também”, comentou o jogador que, em 2011, desembarcou na China para jogar no no Nanchang Bayi FC, atualmente Shanghai Shenxin.

Ao lado do ex-botafoguense Camilo e outros dois atletas, Paulo Roberto lembrou de como foi bem recepcionado pelos chineses. “Tive de aprender o básico para dentro de campo me comunicar com eles e para mim foi fácil de pegar. Fora de campo, a estrutura do clube é extraordinária, material de treinamento sensacional, o tratamento nota mil”, enfatizou o atacante do Nacional avaliando que com a parceria dos chineses, o ambiente no Naça tende a melhorar.

“Tenho certeza que muitas coisas boas vão acontecer para o Nacional. Temos a Série D, que não vai ser fácil, mas com muito trabalho e com essa parceria da China, que só fez nos alegrar, tenho certeza que vai melhorar muito aqui em todos os sentidos”, disse Paulo Roberto de olho em futuras negociações.

“Me dei muito bem lá. Gostaria de ter ficado mais um ano, mas meu empréstimo acabou e tive de voltar paro Bragantino para disputar o Campeonato Paulista. Quem sabe agora com essa parceria, talvez, eu volte”, disse.

Paulo Roberto marcou seu nome na equipe do Nanchang Bayi. Foto: Arquivo Pessoal

Foco na estreia

Com a vinda ou não dos incentivos do “Dragão Chinês”, a verdade é que o Leão da Vila tem pela frente o São Raimundo-RR, no domingo (22), às 16h, na Colina, e Paulo Roberto não pensa em outro resultado se não a vitória.

“É um campeonato curto, e a gente não pode nem pensar em empatar. Temos de vencer, conseguir logo os três pontos para poder ir para outra partida também com objetivo de vencer. E disparando na frente fica mais fácil”, pontuou o atacante que marcou dois gols no Barezão 2018.

“O objetivo é vencer logo essas três (partidas) e fazer nove pontos. Mas isso é com muito trabalho, vamos pensar primeiro na estreia, vencer. E é isso que a gente espera e, se Deus quiser, vai dar tudo certo”, concluiu Paulo Roberto.

Parceria com empresa chinesa

Em Assembleia Geral Extraordinária promovida no final de março, os sócios do Nacional Futebol Clube aprovaram por unanimidade a proposta para terceirização do Departamento de Futebol do clube. O próximo passo será a avaliação da minuta do contrato e posteriormente uma nova assembleia para a assinatura que dará a empresa chinesa Ledman Sports o direito de conduzir o departamento. Ainda será discutido o tempo de contrato, mas a proposta inicial é de 20 anos.

Publicidade
Publicidade