Publicidade
Esportes
Luta Greco-Romana

Atleta amazonense de luta Greco-Romana faz história ao disputar pré-olímpico na Turquia

Paulo Victor de Souza, 25, ficou entre os 10 melhores lutadores no World Olympic Qualifier de wrestling, uma espécie de classificatório olímpico mundial de luta Greco-Romana 12/05/2016 às 05:00
Show yh
(Foto: Acervo Pessoal)
ACRITICA.COM

O beneficiário do Bolsa Atleta Municipal, Paulo Victor de Souza, 25, fez história ao ser o primeiro amazonense a disputar um pré-olímpico de  luta Greco-Romana e chegar entre os 10 melhores lutadores. Ele alcançou o feito após disputar no último final de semana em Istambul, na Turquia, o World Olympic Qualifier de wrestling, uma espécie de classificatório olímpico mundial de luta Greco-Romana.

Entre lutadores de 23 países que competiam, o amazonense conquistou o 10º lugar na classificação geral pela categoria até 97kg. Venceu lutadores da Bulgária e Japão, perdendo para outro lutador japonês na terceira fase da competição. No torneio, apenas os dois primeiros colocados garantiram vagas para as Olimpíadas desse ano, no Rio de Janeiro.

Paulo Victor contou que vai continuar focado nos treinos para buscar uma vaga nas Olimpíadas de 2020. “Sei o que fiz e o que posso fazer. Fiz história no meu esporte no Amazonas e no Brasil. Fico feliz, porque a Confederação Brasileira (de Wrestling) deixou claro que tem planos pra mim nas Olimpíadas de 2020”.

O secretário municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), Luís Neto, destacou a importância do Bolsa Atleta Municipal no desempenho dos atletas do Estado. “O Paulo Victor é um dos grandes lutadores do Amazonas que são beneficiários do Bolsa Atleta. Ele vem de grandes competições com resultados expressivos. Disputa com os melhores do mundo e está sempre entre os mais bem colocados”, enfatizou.

Por pouco

Em outra competição que Paulo Victor passou perto de garantir vaga nos Jogos Olímpicos deste ano foi no classificatório da América, no Texas, EUA. O lutador perdeu nas semifinais para o adversário de Cuba. “Se eu ganhasse essa luta estaria classificado. Acabou que ele ganhou, foi campeão e classificou para as Olimpíadas no Rio de Janeiro”, concluiu.

*Com informações da assessoria de imprensa