Publicidade
Esportes
DO AMAZONAS

Atleta da Luta Olímpica se prepara para o Mundial Escolar de Marrocos

Amazonense de 16 anos conquistou vaga após vencer a seletiva para o mundial, realizada em São Paulo. Este será o primeiro evento internacional de Ketellen Regina Fernandes 18/04/2018 às 15:09 - Atualizado em 18/04/2018 às 15:10
Show sem t tulo
(Mauro Neto/Sejel)
acritica.com Manaus

No próximo dia 2 de maio, a atleta Ketellen Regina Fernandes, 16 anos, representará o Amazonas no Mundial Escolar de Marrocos pela modalidade Luta Olímpica, categoria 43 quilos. Ela garantiu a classificação ao vencer a seletiva realizada no mês de março, em São Paulo (SP). A lutadora, que faz parte da Federação Amazonense de Luta Livre Esportiva e Luta Olímpica (Falle) e do Centro de Treinamento de Alto Rendimento do Amazonas (Ctara), conta com o apoio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Ketellen pratica luta olímpica há cinco anos, o primeiro contato com o esporte foi nas aulas do Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, no bairro Cidade Nova, zona norte de Manaus. Destaque da modalidade no Amazonas, ela vai encarar pela primeira vez um torneio internacional. “Será a minha primeira vez em um Mundial, estou bastante ansiosa, mas sigo focada nos treinamentos. Sei que será uma disputa muito difícil, mas não impossível. Como sempre, darei o meu máximo para alcançar o resultado positivo e voltar para casa com uma medalha no peito”, comentou a atleta.

E para chegar ao pódio, Ketellen tem se dedicado inteiramente aos treinos, tanto que terá que se ausentar das aulas do Colégio Militar por pelo menos três semanas. “Eu chego a treinar seis horas por dia, manhã, tarde e noite, entre treinos específicos e musculação. Consegui a liberação da escola por ter notas boas, mas assim que voltar terei que recuperar tudo o que perdi. É bem difícil conciliar o treinamento com os estudos, mas com esforço e dedicação a gente sempre consegue”, completou a lutadora, que cursa o 2ª ano do Ensino Médio.

Na seletiva do mês passado, a amazonense superou atletas de São Paulo, Goiás e Sergipe. No mundial o objetivo será passar pelas lutadoras do Japão, além das americanas. “As meninas do Japão são muito fortes, as dos EUA também, mas com certeza um confronto com as atletas do Japão é sempre mais complicado”, disse.

De acordo com o treinador da atleta, Anderson Alves, será a primeira vez que o Amazonas terá uma representante da luta olímpica no Mundial Escolar, por isso, para ele a quinta colocação será um excelente resultado. “Óbvio que a Ketellen tem condições de brigar por medalha, mas se ficar entre as cinco melhores do mundo já será maravilhoso, principalmente porque será a primeira vez que teremos um representante da luta olímpica. Se ela cair em uma chave menos complicada, com países latinos, também pode facilitar”, afirmou o treinador.

Para o secretário da Sejel, Ketellen já é uma campeã e é exemplo de dedicação para crianças e jovens do Amazonas. “Ketellen é uma grande inspiração, tenho certeza de que ela fará uma excelente participação no Mundial e independentemente do resultado, já é uma vitoriosa e merece todo o nosso apoio e incentivo”, pontuou.

Publicidade
Publicidade