Publicidade
Esportes
Craque

Atletas aprovam mudança de horário da São Silvestre

A 88ª edição da prova, que ocorre amanhã (31) na cidade de São Paulo, está marcada para às 6h50, com a largada dos cadeirantes 30/12/2012 às 17:41
Show 1
Jean Pereira será o único amazonense na São Silvestre
Daniel Mello - Repórter da Agência Brasil ---

São Paulo – Atletas brasileiros e estrangeiros aprovaram a mudança de horário da  Corrida Internacional de São Silvestre. A 88ª edição da prova, que ocorre amanhã (31) na cidade de São Paulo, está marcada para às 6h50, com a largada dos cadeirantes. A largada das atletas de elite será às 8h40 e dos competidores homens de alto rendimento às 9h. Nos anos anteriores a competição foi disputada no período da tarde. Além da mudança de horário, a competição, que teve cerca de 25 mil inscritos, voltou a ser disputada no trajeto original, começando e terminando na Avenida Paulista.

A alteração do horário foi bem recebida pelo queniano Mark Korir, atual vice-campeão da prova. “A organização da São Silvestre melhorou muito [as condições] escolhendo esse horário para a corrida. À tarde era muito difícil, por causa do calor”, disse em entrevista coletiva hoje (30). Opinião semelhante do compatriota Joseph Aperumoi, campeão da Meia Maratona de São Paulo. “Vai ser bom, porque correr de manhã é melhor porque a temperatura está mais amena”.

O brasileiro Paulo Roberto Paula admitiu ter ganho uma motivação a mais com o novo horário. Além de buscar o pódio, o atleta quer correr rápido para conseguir passar a virada do ano com a família. “Eu vou tentar ser o mais rápido, para terminar a prova, pegar o meu voo para Presidente Prudente e passar o Ano-Novo com a minha mãe”, disse.

A mesma ambição da brasileira Marily dos Santos, primeira colocada no ranking da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt). “O que mais quero é passar o reveillon com ela”, disse sobre a mãe que, segundo a atleta, passou por uma internação recente. “Passei o Ano-Novo com a minha família quando era adolescente, vai ser a primeira vez depois de adulta. Fico muito feliz com isso, estou muito emocionada”. Marily que pretende aproveitar as descidas do trajeto para abrir vantagem sobre as concorrentes.

Apontado como principal favorito entre os brasileiros, Giovani dos Santos aposta na preparação e torce para que um brasileiro seja o campeão deste ano. “Fiz um dos melhores meus treinos. Estou bem preparado, bem focado na prova. Espero fazer uma boa prova e , se Deus quiser, dê tudo certo e dê Brasil”, disse.