Publicidade
Esportes
Em nome do pai

Barcelona confirma que renovação de Messi foi assinada pelo pai do jogador

Após rumores de que o camisa 10 do Barça ainda não havia fechado acordo, o presidente do clube, Josep Maria Bartomeu, garantiu aos torcedores do time que o novo contrato do astro argentino foi assinado 05/09/2017 às 14:48 - Atualizado em 05/09/2017 às 15:02
Show mes
Segundo presidente do Barça, pai de Messi assinou renovação do craque (Foto: Reprodução)
Reuters Barcelona (Espanha)

O presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, garantiu aos torcedores do time que o novo contrato de Lionel Messi foi assinado, mas pelo pai do jogador.

Em julho o clube catalão anunciou ter feito um acordo com Messi, o maior artilheiro de sua história, para estender seu contrato até 2021, mas o argentino ainda não havia assinado o documento, despertando temor de que pudesse deixar o clube ao final da temporada, quando seu contrato anterior vence.

Em uma entrevista ao jornal Sport publicada nesta terça-feira (5), Bartomeu disse que o pai de Messi, Jorge, assinou o contrato e que a única questão pendente era tirar uma foto do próprio Messi fazendo o mesmo.

“Está tudo combinado e assinado. Existem três contratos”, explicou Bartomeu.

“Um com a Fundação Messi, que foi assinado por seu presidente e pelo irmão do jogador; um contrato de direitos de imagem que Messi assinou por meio do pai, que administra a sua empresa; e seu contrato de trabalho, que seu pai assinou – ele tem poder para fazê-lo”, disse.

“(O que falta é) Leo chegar e termos a foto oficial e o protocolo de sua assinatura. O contrato está assinado e é válido com data do mês de junho, 30 de junho, o mesmo dia em que ele se casou”.

Bartomeu também falou sobre o novo contrato de Andrés Iniesta, veterano do Barça cujo acordo também vence no final da temporada.

“Temos a base de um acordo para renovar e esperamos concretizá-lo nas próximas semanas”, contou Bartomeu ao jornal Mundo Deportivo.

“A ideia é ele ter um contrato indefinido que se renove automaticamente a cada ano até ele achar que quer se aposentar ou mudar”.