Publicidade
Esportes
Craque

Beach Soccer quer departamento dentro da CBF

A CBBS é uma confederação autônoma, no entanto, a Fifa reconhece apenas a CBF 17/03/2012 às 14:34
Show 1
Copa Brasil de Clubes, em Manaus, mostrou que o esporte conta com a aceitação do público
Léo Burlá / Lancenet Rio Quente (GO)

Marcos Spironelli, presidente da Confederação Brasileira de Beach Soccer (CBBS), quer que a nova gestão da CBF crie um departamento específico da modalidade na entidade. Spironelli demonstrou confiança no trabalho de José Maria Marin, e confirmou que uma  audiência sobre o tema vai acontecer em abril.

A CBBS é uma confederação autônoma, no entanto, a Fifa reconhece apenas a CBF, o que faz com que apesar de sobreviver de calendário e recursos próprios, a CBBS esteja sob o guarda-chuva da entidade máxima do futebol brasileiro.

O ex-presidente Ricardo Teixeira é presidente da Comissão de Futsal e Beach Soccer da Fifa, mas Spironelli crê em ampliação do diálogo com a ascensão de Marin.

"Vamos batalhar para termos uma presença mais fixa na CBF, de maneira que possamos estreitar o relacionamento com clubes e federações, além de ampliarmos nosso diálogo por lá. Acho que o relacionamento com o Marin vai ser mais harmonioso" disse Spironelli.

Copa América

Neste sábado, o Brasil enfrenta a Argentina, enquanto México e Estados Unidos fazem o jogo de abertura da Copa América de Beach Soccer.