Publicidade
Esportes
Craque

BNDES libera parcela de R$ 37 milhões para Arena da Amazônia, em Manaus

O Projeto executivo da Arena aprovado pelo Pleno do Tribunal de Contas da União é orçado em R$ 550 milhões e esta é a primeira parcela após a sua aprovação 22/10/2012 às 10:49
Show 1
BNDES libera parcela de R$ 37 milhões para Arena da Amazônia
Acritica.com Manaus

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) liberou nesta segunda-feira (22),  R$ 37 milhões para o Governo do Amazonas referente a mais uma parcela do financiamento da construção da Arena da Amazônia, em Manaus. Com este repasse, o total da verba liberada para o Estado pelo banco é de R$ 117 milhões.

O Projeto executivo da Arena aprovado pelo Pleno do Tribunal de Contas da União é orçado em R$ 550 milhões e esta é a primeira parcela após a sua aprovação.

 “A liberação de mais uma parcela representa um fôlego a mais para a construção que não parou em nenhum momento, mas que já sentiu os reflexos negativos por conta do contingenciamento temporário do financiamento”, explicou  o Coordenador da Unidade Gestora do Projeto Copa (UGP COPA), Miguel Capobiango Neto.

 Ainda segundo o coordenador da UGP da Copa, o atraso em seis meses na entrega da obra é resultado do bloqueio temporário dos recursos.

“Apesar da obra não ter parado, deixamos de executar tarefas importantes, mas ainda estamos dentro do prazo estabelecido pela FIFA”, afirmou o coordenador. Ao todo, o Governo do Amazonas já repassou R$ 197 milhões à construtora Andrade Gutierrez, o que corresponde a cerca de 35% do valor total da obra, que já está 45% construída.

Na semana passada foram instaladas as primeiras vigas que vão sustentar a arquibancada superior da Arena da Amazônia, no setor leste, representando o início dos trabalhos no anel superior das arquibancadas.

 Para auxiliar na execução desta nova fase, chegou ao canteiro de obras no início do mês, um guindaste de capacidade nominal de 350 toneladas. O equipamento está posicionado na parte posterior da estrutura dos camarotes, para auxiliar no lançamento das novas vigas. Ao todo, serão instaladas 108 peças desse tipo, nos 360o graus do anel superior.

 O lançamento das primeiras peças de degrau da arquibancada superior está previsto para as próximas semanas.