Publicidade
Esportes
Craque

Brasil derrota Espanha e tem caminho `espinhento´ para ganhar medalhas no basquete masculino

Com o resultado, o Brasil deve ter a Argentina como adversária nas quartas de final - definição depende do jogo entre EUA e Argentina no desfecho da rodada do grupo A 06/08/2012 às 16:59
Show 1
Brasil e Espanha jogaram em Londres
Acritica.com Manaus (AM)

O Brasil venceu a Espanha por 88 a 82 e fechou a participação na primeira fase como segundo colocado do grupo B. Desta forma, encara a chave dos Estados Unidos na etapa eliminatória e a possibilidade de um encontro com os favoritos numa hipotética semifinal.

Com o resultado diante dos espanhóis, o Brasil deve ter a Argentina como adversária nas quartas de final - definição depende do jogo entre EUA e Argentina no desfecho da rodada do grupo A.

A seleção foi para o jogo com a Espanha sem o pivô Nenê, preservado em razão de dores no pé. O jogador do Washington Wizards acompanhou a partida do banco de reservas, mas sem uniforme de competição. 

Se havia dúvidas sobre a atitude da Espanha no jogo, Pau Gasol tratou de mostrar logo no primeiro período que a equipe europeia atuava pela vitória, sem medo de cair na chave de LeBron James e companhia. O pivô do Los Angeles Lakers acertou uma bola da linha dos três e anotou 13 pontos já na parcial de abertura.

Com seu principal jogador ditando o ritmo, a Espanha dominou o marcador desde o início e virou o período com vantagem folgada de 26 a 17.

Sem Nenê, Caio Torres foi à quadra já no primeiro período, ao contrário dos demais jogos da primeira fase. O brasileiro teve a missão de encarar um garrafão com Gasol e Serge Ibaka. Apesar da tarefa espinhosa, o pivô mostrou desenvoltura no ataque, mas nem tanto na defesa.