Publicidade
Esportes
Craque

Brasileiro de Jiu-Jítsu: Atletas de outros estados falam do potencial dos amazonenses

Depois de conquistarem o Brasileiro e o Mundial da modalidade em 2011, os lutadores locais ganharam destaque nacional e internacional e por isso são considerados os mais fortes 25/05/2012 às 19:15
Show 1
Primeiro dia do Campeonato Brasileiro de Jiu-Jítsu em Manaus
Acritica.com Manaus

Nos últimos anos, os atletas de Jiu-Jítsu do Amazonas ganharam destaque nacional e internacional e por isso agora são considerados por lutadores de outros estados como os adversários mais fortes do Campeonato Brasileiro da modalidade que começou nesta sexta-feira (25), na Arena Amadeu Teixeira, Zona Centro-Oeste de Manaus e vai seguir até domingo (27).

Atleta desde os 4 anos de idade, a jovem matogrossense Flávia, 17, se prepara para esta competição desde o ano passado e ressalta o bom nível técnico das amazonenses. Para ela, lutar contra a amazonense Patrícia Ádria logo de início vai ser difícil.

“As atletas locais treinam muito forte também, mas espero sair daqui com pelo menos uma medalha”. Ela é membro da academia Souza Fight da cidade de Jaciara (MT), e tem como companheira de treinos a bicampeã mundial da categoria Juvenil Feminino (até 60 Kg) faixa branca, Jhenis Aparecida.

De São Paulo, Gean, 35, diz que as expectativas para os onze atletas da academia dele, Power Lótus, são boas. Mas esbarram na força dos atletas manauaras.

“Sabemos que o pessoal daqui treina forte, mas estamos preparados para brigar por vagas para o Mundial de Jiu-Jítsu Esportivo, que este ano acontece no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo”, comentou. Ele integrará também a disputa dos absolutos, onde atletas de diversos pesos e idades e que possuem a mesma cor de faixa, se enfrentam.

As disputas envolvem dez categorias, que vão do Galo ao Absoluto, com 33 classes e atletas a partir dos 4 anos de idade. No sábado e domingo, 26 e 27 respectivamente, as lutas iniciam a partir da 9h e vão até a noite.