Publicidade
Esportes
Craque

Bustamente conta os dias para ficar de frente com Menne no AFC

O primeiro  brasileiro a conquistar um cinturão dos médios, Murilo Bustamante,  está em solo manauara para brigar pelo troféu do Amazon Forest Combat (AFC)- evento da M1 que será realizado no próximo sábado (31 de março) 26/03/2012 às 09:51
Show 1
Murilo Bustamente fez um leve aquecimento neste domingo na Ponta Negra
Nathalia Silveira Manaus

Após 15 anos sem lutar no Brasil, o primeiro  brasileiro a conquistar um cinturão dos médios, Murilo Bustamante,  está em solo manauara para brigar pelo troféu do Amazon Forest Combat (AFC)- evento da M1 que será realizado no próximo sábado (31 de março), a partir de 21h, na Arena Amadeu Teixeira. O carioca, que já está se familiarizando com a o cardápio da Cidade, afirma que é difícil prever o que seu adversário Dave Menne vai fazer dentro do octógono. Mas de uma coisa o faixa preta tem certeza:  quer nocautear o norte americano, assim como fez há dez anos, nos Estados Unidos.

“Estou muito feliz de estar voltando a lutar no Brasil, principalmente num evento que terá repercussão internacional. Essa é uma oportunidade para os brasileiros conheceram mais um pouco das artes marciais e acho que não poderia ter um retorno melhor que esse. E na minha volta quero os torcedores perto, dando força”, disse Murilo, neste domingo, no treino aberto realizado na Pona Negra, avisando que  provavelmente este será seu último ano num octógono. “Pretendo lutar mais duas ou três vezes  esse ano e espero encerrar minha carreira com uma luta no Rio de Janeiro, onde tudo começou”, afirmou.

Sobre o combate com o adversário, o líder da Brazilian Top Team (BTT) afirma que o adversário foi muito bem escolhido, que admira Dave, mas que não vai abrir guarda para  o oponente se destacar.

“Eu já tive a sorte de vence-lo (Dave Menne) uma vez. Conheço seu modo de luta e é gratificante enfrentá-lo. Mas eu vim aqui para ganhar, pra vencer. Treinei para isso, fiz o dever de casa e vou fazer o máximo para fazer um grande show para os fãs manauaras”, afirmou Bustamante, que precisa perder quatro quilos até a próxima sexta-feira para enfrentar a pesagem do evento. 

“É difícil prever o que Dave vai fazer dentro do octógono, pois ele é um lutador completo. Assim como eu, ele domina as artes marciais. Mas estou preparado para lutar em pé e no chão. E repito: vim pra puxar o ritmo da luta e vencer”, disse o mestre em Jiu- Jitsu.

Ronnys Torres  Lutador do card principal nos 73Kg

1  Ronnys, você conseguiu ganhar o primeiro AFC em 47 segundos, em 2011, quando enfrentou Ficket. O que o público pode esperar para a luta contra Ferrid Kheder, no sábado?
Treinei muito jiu jitsu para lutar com  Drew Fickett. Foram 47 segundos e eu acabei nocauteando, e a minha preparação foi completamente diferente da que estou fazendo hoje. Para essa treinei mais a parte em pé. O Ferrid nunca foi nocauteado ou finalizado, então vou tentar finalizar ou nacautear. Só não quero deixar na mão dos juízes. E da última vez ganhei o bônus de melhor nocaute e com isso recebi um dinheiro extra e quero essa graninha  a mais de novo em Manaus.

2 Você está no peso ideal para a pesagem, ou vai ter que fazer dieta esta semana para perder peso?
Venho perdendo peso há duas semanas, estava com 87 quilos, mas ainda falta oito quilos. Tenho quatro dias e meio para perder. Já cortei o carboidrato, mas agora vai começar o sofrimento mesmo. É quando a perna e a cabeça começam a sentir, mas estou confiante e tranquilo por estar aqui, nunca perdi peso na minha casa e agora minha mãe que está cuidando de mim. No final tudo dá certo. Vou continuar usando a roupa térmica e procurar fazer bastante sauna até quinta-feira.

3  No último evento, a música da sua entrada foi do Garantido. Para sábado, você já escolheu a trilha?
Fico muito concentrado e focado na entrada, por isso prefiro uma música que eu lembre da minha família, das minhas origens, do que eu passei para estar ali. Vou entrar com uma música gospel para concentrar.