Publicidade
Esportes
Craque

Campeonato Amazonense de Jiu-Jítsu será neste fim de semana em Manaus

Aproximadamente 1,6 mil atletas vão à luta neste sábado e domingo, a partir das 9h no ginásio Bergão, no  São Jorge, Zona Oeste da capital amazonense 20/04/2012 às 09:12
Show 1
Mestre e amigo de José Aldo Júnior, Márcio Pontes é o comandante
Jhonny Lima Manaus

Tradição é a palavra para resumir o Campeonato Amazonense de Jiu-Jítsu, que chega à sua 25ª edição neste sábado e domingo, a partir das 9h. Aproximadamente 1,6 mil atletas vão à luta no fim de semana no ginásio Bergão, no  São Jorge, Zona Oeste.

Chancelado pela Federação de Jiu-jítsu do Amazonas (FJJAM), presidida por Elvys Damasceno, o evento terá a participação de cascas-grossas dos municípios de Borba, Novo Airão, Novo Aripuanã, Parintins, Itacoatiara, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva e Manacapuru, além de representantes de Boa Vista, Belém, Porto Velho e de gringos dos Estados Unidos e França.

Um dos primeiros mestres de José Aldo (campeão dos penas do UFC), Márcio Pontes (MPBJJ/Nova União), levará 25 para os tatames do Bergão. Para a equipe, vale como treinamento para o Campeonato Brasileiro de Jiu-Jítsu Esportivo, entre os dias 25 e 27 de maio, em Manaus. “Nosso foco é o Brasileiro. Estamos com todos os núcleos muito fortes”, ressaltou Márcio Pontes.

Brenda Eduarda Dutra Silva, 12, esbanja otimismo. “Estou confiante, pois treinei bastante para ser campeã”, declarou Brenda, que cursa o 7º ano do Ensino Fundamental na Escola Estadual Francelina Assis Dantas, no Alvorada.

Hatiro Ono, 29, vai para o Amazonense competir na nova graduação. O novo faixa-preta disputará nas categorias Adulto Pesadíssimo e no Absoluto. “Gosto de competir, sinto prazer em fazer isso”, revelou o microempresário, que encara o jiu-jítsu  como um hobby.

Há 20 anos disputando o Amazonense, a Nova União está há 10 anos sem conquistar títulos por academias. É hora da virada!