Publicidade
Esportes
Craque

Campeonato Brasileiro de Jiu-Jítsu começa nesta sexta, em Manaus

O evento tem entrada franca e acontece a partir desta sexta-feira às 14h na Arena Amadeu Teixeira, enquanto que sábado e domingo a competição começa às 9h 25/05/2012 às 10:52
Show 1
Tasso Alves Atleta da PM compete na categoria médio no Campeonato Brasileiro de Jiu-Jítsu em Manaus
Jornal A Crítica Manaus

Pela primeira vez fora do eixo Rio-São Paulo, o Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu vai reunir, em Manaus, dois mil atletas, sendo 1.600 somente da capital. O evento tem entrada franca e acontece a partir desta sexta-feira às 14h na Arena Amadeu Teixeira, enquanto que sábado e domingo a competição começa às 9h. Bicampeão da Copa América e ouro nos Jogos Ibero Americanos da Polícia Militar, o aluno oficial da PM, Tasso Alves, diz estar pronto para estrear em seu 1º Brasileiro. O cadete não  quer brincar em missão.

“Estou ansioso para ganhar e vou pegar pesado”, afirmou o casca grossa, favorito à categoria do médio (até 82kg). Para entrar sem dúvida de título, o faixa preta não dá refresco para os treinos, mesmo com a super maratona que tem que enfrentar rotineiramente. Carga horária, essa, muito mais pesada que qualquer adversário. Logo, em quesito esforço, esse atleta já é considerado imbatível.

O lutador, acordar todos os dias às 6h e precisa estar no Complexo da Unidade da PM às 7h, onde permanece até às 19h, com aulas teóricas e operações práticas. Quando sai do estágio, segue direto para  treinar na Academia Pina e rola no tatame por duas horas. Às 21h30, ele vai rumo a outra academia localizada no Aleixo, onde investe na preparação física e rala na malhação até às 23h.

Para o Brasileiro, o atleta afirma que  seus principais adversários são da “própria casa” e que os de outros Estados, não impõem medo. “O Amazonas é o primeiro polo do jiu-jitsu. Logo, os mais fortes estão aqui. Quem deve me dar trabalho são os amazonenses Aldemar Martins, o Soneca, e o Juarez Harles. Já ganhei de ambos, mas as lutas deles são difíceis”, diz.