Publicidade
Esportes
Craque

Campeonato Norte –Nordeste de natação acontece neste fim de semana em Manaus

O evento, reunirá 400 atletas de 40 clubes que irão disputar o Troféu Walter Figueiredo, e o ‘palco’ para essa competição será o Parque Aquático da Fundação Vila Olímpica, Zona Centro-Oeste 18/09/2012 às 08:28
Show 1
Hudson Rodrigues é uma das apostas do Amazonas no torneio Norte-Nordeste de Natação
Nathália Silveira Manaus

 Uma das competições mais importantes do calendário anual da Confederação Brasileira de Desporto Aquático (CBDA), o Torneio Norte-Nordeste, desembarca em Manaus após 22 anos de sua última edição na capital, nesta sexta-feira e sábado. O evento, reunirá 400 atletas de 40 clubes que irão disputar o Troféu Walter Figueiredo, e o ‘palco’ para essa competição será o Parque Aquático da Fundação Vila Olímpica, localizado na avenida Pedro Teixeira, 400, Dom Pedro, Zona Centro-Oeste. A disputa tem início às 9h e segue até as 17h nos dois dias.

“Vamos ter durante dois dias os melhores nadadores da região aqui. Além disso, estamos trazendo um evento grande e isso para a Federação (Federação Amazonense de Desporto Aquático - Fada) é uma conquista muito grande”, comemorou o presidente da Fada, Victor Façanha, o Botinho, ao comentar que desde janeiro os apartamentos da Vila Olímpica já estavam sendo reservados para receber as delegações dos outros estados. Ao todo, 100 atletas estarão hospedados no local.

“Para ser um bom  anfitrião, a Sejel (Secretaria de Estado da Juventude, Desporto e Lazer) está dando total apoio para o evento. Inclusive, está arrumando o Parque Aquático para receber a competição. A área está sendo iluminada, a área externa da piscina está sendo lavada e placas estão sendo colocadas no local”, disse Botinho, avisando que a partir de quinta-feira os atletas das categorias infantil, juvenil e júnior sênior já poderão fazer reconhecimento da área.

Representando o Amazonas pelo La Salle, Hudson Rodrigues é um dos cotados por Botinho para derrubar os paraenses, principais adversários e considerados potência na modalidade.

Treinando todos os dias por duas horas, e fazendo uma média de quatro quilômetros por dia de ‘água’, o atleta afirma que não fará feio em sua especialidade: 100m borboleta. “Vou fazer o meu melhor e estou pronto para bater o meu tempo de treino no Norte e Nordeste, 57 segundos. Com ele, vou direto para o pódio”, afirmou o jovem de 19 anos, que  em 2007 defendeu a seleção brasileira nos Jogos Estudantis.