Publicidade
Esportes
Craque

Cobertura do antigo Vivaldo Lima apodrece em Manacapuru

Material retirado do antigo Vivaldo Lima foi levado para o Estádio Gilberto mestrinho, em Manacapuru, mas até agora não foi aproveitado 02/02/2012 às 15:23
Show 1
Sobra da cobertura do Vivaldo Lima apodrece em Manacapuru
Carlos Eduardo Souza Manaus (AM)

Passados dois anos, o cenário ao redor do Estádio Gilberto Mestrinho, em Manacapuru ainda é o mesmo. Um amontoado de ferros, que foram retirados da antiga cobertura do Estádio Vivaldo Lima, levados à cidade com o objetivo de cobrir o Estádio. Os ferros, além de sevirem de depósitos de insetos, como mosquito da dengue, ainda toma toda a frente do Estádio, impossibilitando os torcedores de estacionar os veículos.

As ferragens e as telhas foram levados na administração do entao prefeiro Algelus Figueira, que, em momento algum manisfestou interesse em cobriar pelo menos parte do Estádio Gilberto Mestrinho. Por ocasião do jogo do Princesa contra o Nacional, na quarta-feira (01/02), o atual prefeito, Edson Bessa, disse que pediu à secretaria de obras do municipio para fazer uma levantamento e uma planilha de custos para cobrir uma parte do Estádio.

"Já estou vendo isso e vamos cobrir pelo menos uma parte onde ficam as cabines e as cadeiras. Nossa cidade precisa de um estádio em condições para abrigar os torcedores porque é o único município do interior com dois times no Amazonense", disse.

Segundo o prefeito, quando reassumiu o comando da cidade o estádio estava abandonado e ele fez alguns reparos, mas que, ainda vai melhorar mais a praça esportiva. "Já melhorou muito porque conseguimos dar uma arrumada no gramado, pintamos o estádio, mas vai melhorar ainda mais se a gente aproveitar esse materal e cobrir. Temos esse compromisso e não vamos perder esse material", afirmou Bessa.

Operário e Princesa são os dois representantes de Manacapuru no Campeonato Amazonense 2012. Neste domingo o Operário vai receber o Nacional, em jogo marcado para as 15h30. O Operário é uma das três equipes com seis pontos no Amazonense. O Princesa enfrenta o CDC, sábado, em Manicoré.