Publicidade
Esportes
Mordido!

Com ajuda de três gols de Suárez, Barcelona vence e é bi no campeonato espanhol

O atacante uruguaio Luis Suárez evoluiu ante sua primeira temporada no Campeonato Espanhol para outra com mais gols em sua carreira e levou o Barcelona ao segundo título seguido 14/05/2016 às 15:19 - Atualizado em 15/05/2016 às 11:00
Show show 13217130 10154389322189305 4617410984844252180 o
Com os três gols na partida deste sábado (14), Suárez garantiu também a artilharia do Campeonato Espanhol. (Foto: Divulgação F.C Barcelona)
Richard Martin (Reuters) Barcelona

O atacante uruguaio Luis Suárez evoluiu ante sua primeira temporada no Campeonato Espanhol para outra com mais gols em sua carreira e levou o Barcelona ao segundo título seguido.

Suárez se livrou do estigma da suspensão que recebeu por uma mordida, que acompanhou-o na estreia na Espanha, em 2014. O uruguaio marcou três gols na confortável vitória por 3 x 0 sobre o Granada neste sábado, que assegurou o título ao Barcelona, chegando a 40 gols em 35 partidas.

Ele é o primeiro jogador além de Cristiano Ronaldo e Lionel Messi a ser o artilheiro de La Liga desde 2009, mas sua contribuição ao triunfo do Barça vai além dos gols e das 16 assistências.

Suárez é visto como o jogador que trabalha mais duro no trio MSN, a parceria que forma com Messi e Neymar e que entregou 90 dos 112 gols do Barcelona na liga espanhola.

“O que Luis Suárez faz para nós - não apenas seus gols, mas seu trabalho e seu caráter - é o motivo pelo qual o contratamos”, disse o técnico do Barça, Luis Enrique. “Não existe outro atacante no mundo como ele. Ele é vital para nós”.

A primeira temporada de Suárez no Barcelona teve um começo hesitante, com o atacante então retornando após quatro meses de suspensão por morder o italiano Giorgio Chiellini na Copa do Mundo.

Foi apenas no final daquele ano que ele começou a realmente se entrosar com Neymar e Messi, com efeitos devastadores, e ajudou o Barcelona a conquistar a Tríplice Coroa - os três títulos disputados na temporada.

Sua suspensão pode ter tido um efeito positivo para sua segunda campanha, no entanto, porque o impediu de jogar a Copa América e o manteve em forma para o começo da nova temporada.

Com Messi for a por dois meses devido a uma lesão no joelho, e o desempenho de Neymar caindo dramaticamente nos últimos dois meses, Suárez tem sido o mais consistente dos três atacantes. Ele também jogou mais minutos que qualquer jogador do Barcelona.

Desde que marcou na vitória por 1 x 0 sobre o Athletic Bilbao, na estreia do Barça na temporada, Suárez foi irrepreensível, marcando três gols em seis partidas na liga.

O uruguaio chegou ao auge da sua forma no momento ideal, com 14 gols nos últimos cinco jogos, colocando o Barcelona de volta aos trilhos para conquistar o título, após o time atravessar uma sequência de quatro partidas sem vencer em abril.