Publicidade
Esportes
JOGÃO

Com Arena lotada, Brasil vence Estados Unidos por 3 sets a 2 em Manaus

Com essa vitória, o Brasil venceu os dois amistosos contra os EUA. O primeiro foi vencido por 3 a 0 no último domingo, em São Paulo 15/08/2017 às 22:40
Show brasil 123
Fotos: Antônio Lima
Camila Leonel Manaus (AM)

Era um jogo amistoso, mas a rivalidade Brasil e Estados Unidos não diferencia a importância do jogo. Os mais de 10 mil torcedores que acompanharam a partida na noite desta terça-feira (15), na Arena Poliesportiva do Amazonas, viram um jogo disputado que terminou com a vitória do Brasil por 3 sets a 2 (parciais de 25-22/ 19-25/ 25-11/ 16-25/15-8). Com isso, o Brasil venceu os dois amistosos contra os Estados Unidos (o primeiro vencido por 3 a 0 no último domingo, em São Paulo).

O Brasil começou sacando com Maurício, mas foram os americanos que abriram o placar com o juiz marcando dois toques do time canarinho. Lucarelli empatou a partida em 1 a 1. A sucessão de erros dos dois lados tornou a partida equilibrada no início, mas o Brasil passou a errar mais e os americanos abriram uma vantagem de três pontos fazendo 11 a 8. Foi aí que o time canarinho acordou no jogo e começou a reação principalmente nas jogadas com Isac e Maurício. A virada do Brasil veio com o saque dos americanos que parou na rede deixando 17 a 16, a partir daí o time brasileiro se manteve à frente do marcador até Lucarelli fechar o set em 25 a 22.

O segundo set começou com Otávio abrindo o placar com uma deixadinha que não possibilitou defesa ao bloqueio norte americano. Renan e Isac começaram o set impossíveis, explorando bolas em diagonais que morriam no fundo da quadra. Porém do lado dos Estados Unidos tinha Patch, responsável pela maioria dos pontos dos americanos, somando isso com erros de saque do Brasil, os norte-americanos não tiveram dificuldades em empatar a partida com facilidade ao fechar o segundo set em 25 a 19.

A mesma facilidade que os Estados Unidos teve no segundo set, o Brasil teve no terceiro. O bloqueio norte americano até que funcionou no início e ajudou a abrirem 4 a 1, mas logo os comandados do técnico Renan Dal Zotto passaram a explorar o que era uma das maiores armas do adversário e virou o jogo para 6 a 5. A partir daí, começou uma verdadeira saraivada dos brasileiros que foram fazendo um ponto atrás do outro.

Com Renan, Isac, Lucarelli, o Brasil fez nove pontos em seguida e abriu 12 a 5. O Brasil seguiu explorando o bloqueio americano e usando muito bem a sua barreira para fazer pontos e fechar o set em 25 a 11, abrindo 2 a 1.

Mas o empate veio no quarto set. Os norte-americanos passaram a investir nos bloqueios triplos e na busca por espaços deixados na quadra brasileira. Mesmo sendo um jogo amistoso, os visitantes comemoravam muito os pontos marcados e não diminuíram o ritmo até fechar em 25 a 16 e levar a partida para o set de desempate.

Os norte-americanos conseguiram abrir 4 a 2 no tie break, mas o Brasil não deixou o adversário abrir uma vantagem muito grande e conseguiram virar para 5 a 4 e abriram cinco pontos de vantagem no set mais curto da partida, destaque para dois pontos de saque de Maurício Souza. O Brasil manteve a vantagem e fechou em 15 a 8.