Publicidade
Esportes
Craque

Com passagens por clubes do AM e agressão a árbitro, Derlan quer levar Pantera de volta às glórias

Amadurecido e mais experiente, o zagueiro hoje veste a camisa do time do São Raimundo-PA e esteve jogando contra o Nacional, no amistoso em que o Leão venceu por 2 a 0 22/01/2016 às 13:55
Show 1
Derlan fez a partida de estreia no Pantera contra o Nacional
Anderson Silva Manaus (AM)

O nome do zagueiro Derlan, 27, não passa batido quando o assunto é o futebol amazonense. Nascido no Pará, o defensor acumula passagens por América, Iranduba e no ano passado defendeu o Manaus F.C e agora é o capitão do São Raimundo-PA na temporada 2016. Mas o momento “inesquecível” do zagueiro foi em 2012. Atuando como volante na época, Derlan foi destaque nacional depois de agredir com socos o árbitro João Batista Cunha Brito, em partida contra o São Raimundo pelo Campeonato Amazonense daquele ano.

(Veja o vídeo da agressão)

Amadurecido e mais experiente, o zagueiro hoje veste a camisa do time de Santarém e esteve na noite desta quinta-feira (21) no estádio jornalista Carlos Zamith jogando contra o Nacional, no amistoso em que o Leão venceu por 2 a 0.

Agora, a missão de Derlan é fazer com o que Pantera volte a ser o time que em 2009 levantou a primeira Taça de Campeão Brasileiro da Série D.

“Nosso pensamento é fazer com que o São Raimundo voltar a ser grande. Voltar a Série D e ser campeão Brasileiro. A gente vem trabalhando devagarzinho. O time subiu da segunda para a primeira (divisão do paraense) e estava a quatro anos fora do Campeonato Paraense. É manter o foco”, afirmou o jogador que fez a estreia na equipe do Pantera.

Sobre a partida, o “xerifão” do time aprovou a posição do time ainda que em 15 dias de treinamento.

“A avaliação foi muito boa. O Nacional é uma equipe bem qualificada que vai disputar a Copa Verde, Copa do Brasil, Série D e o estadual e foi muito bom pra gente. Estamos nos testando. Temos 15 dias de trabalhos físicos e sabíamos que a equipe dele teria mais qualidade que a gente. Mas nossa equipe não deixou a desejar... só tivemos problemas por causa da parte física”, avaliou.

O São Raimundo estreia no Campeonato Paraense no dia 30 deste mês contra o Tapajós.