Publicidade
Esportes
Bombando

Com retorno do prestígio, Travessia Almte. Tamandaré com inscrições quase esgotadas

Com quatro meses de antecedência, tradicional prova que atravessa o rio Negro está próxima de completar número máximo de inscritos; evento faz parte do Rio Negro Challenge que acontece em dezembro 10/08/2017 às 14:34
Show 1259269
A Tamandaré é uma das três provas do Rio Negro Challenge (Foto: Evandro Seixas)
Denir Simplício Manaus (AM)

O sucesso do retorno da Travessia Almirante Tamandaré ao que tudo indica já está consolidado. Pelo menos se depender da procura dos atletas em participar de um dos mais tradicionais eventos esportivos do Estado. De acordo com a Associação Aquática Amazonas, organizadora da prova desde o ano passado, a procura dos atletas pela prova tem sido intensa.

“Nós tivemos uma procura muito grande, o pessoal está muito interessado em vir porque a Tamandaré está voltando a ter aquele status que já teve”, afirmou Pierre Gadelha, presidente da Aquática Amazonas explicando que cerca de 75% das vagas para a disputa desta edição já foram preenchidas, sendo que quase a metade é composta de nadadores de fora do Amazonas.

“Das 70 vagas que nós colocamos à disposição, já temos mais de 75% de inscritos. Desse percentual, nós temos cerca de 45% de atletas de fora do Estado, nós já abrangemos nove estados diferentes”, pontuou Gadelha confirmando que vem muita “fera” para a Travessia do dia 3 de dezembro.

“Até o momento nós temos duas atletas de ponta, só que estamos esperando elas confirmarem calendário, mas acredito que venham sim, só não posso citar o nome ainda”, ponderou Gadelha comentando os chamativos do evento.

“Por ser um atrativo, porque a pessoa aproveita o apelo do rio Negro, que é muito grande. O apelo da preservação, que é muito grande, e como colocamos a situação de que para participar o atleta tem de ter um caiaque ou um Stand Up (como apoio durante a trevessia), justamente com ideia de que ele preserve o meio ambiente”, disse Gadelha.

Na crescente

Antes do retorno no ano passado, a Travessia Almirante Tamandaré ficou por nove anos sem ser realizada. Pierre Gadelha afirmou que o evento voltou para ficar. “O evento hoje desperta interesse nacional porque a gente vem em ordem crescente. No final do ano passado nós conseguimos trazer 60 atletas de fora e esse ano a expectativa é que ultrapasse esse número, com certeza, e esse evento está crescendo”, comentou o presidente da Aquática Amazonas, que resgatou a prova.

“Esse é o segundo ano em que a Associação Aquática Amazonas está na organização. Nós praticamente dobramos (número de atletas) em relação ao ano passado. Nós chegamos ao número de 70 (participantes) por questão de segurança e justamente porque a gente está aprendendo com a prova”, disse.

A Travessia Almirante Tamandaré faz parte do Rio Negro Challenge, festival esportivo que é composto ainda do Circuito Curumim, que é uma prova voltada para crianças de oito a 13 anos, e a Maratona Aquática Amazonas,com percursos de 1,5km e 3km na orla da Ponta Negra.