Publicidade
Esportes
Craque

Com tranquilidade, Botafogo vence Figueirence no Orlando Scarpelli

Com 47 pontos e na sétima colocação, o Fogão segue vivo na briga pela Libertadores 24/10/2012 às 22:05
Show 1
Com vitória, o Alvinegro segue vivo na briga pela Libertadores
Rodrigo Paradella/ Botafogo ---

Com participações decisivas de Seedorf e Bruno Mendes, o Botafogo venceu o Figueirense por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, no Orlando Scarpelli. A dupla marcou os gols do triunfo alvinegro pela 32° rodada do Brasileiro.

Com 47 pontos e na sétima colocação, o Botafogo segue vivo na briga pela Libertadores. No sábado o Glorioso volta a campo no Stadium Rio, contra o Atlético-GO, às 18h30, também pelo campeonato nacional.

Desde os primeiros minutos, o Botafogo mostrou que iria atrás da vitória no Orlando Scarpelli. Logo aos dois minutos,Lodeiro subiu bem pela esquerda e, da linha de fundo, cruzou para trás. Embalado, o zagueiro do Figueirense desviou e quase colocou a bola para dentro, mas foi salvo pela trave.

Bem na partida, o uruguaio seria fundamental na jogada que abriria o placar em Florianópolis. Lodeiro deixou Bruno Mendes em boa posição na entrada da área. Esperto, o atacante bateu forte para Wilson rebater nos pés do uruguaio. Na base da raça, o meia brigou já dentro da área e conseguiu passar para o oportunista atacante marcar pela quarta vez em três jogos.

Pouco depois de abrir o marcador, Bruno Mendes mostraria mais uma vez que está em grande fase. O atacante deixou Andrezinho na cara do gol, mas, na hora da conclusão, o camisa 11 acabou detido por Wilson.

Mesmo em vantagem, o Glorioso continuava superior. Aos 32, Antônio Carlos dividiu bola no alto com Wilson e ela sobrou nos pés de Seedorf. Com a categoria que lhe é característica, o camisa 10 bateu de primeira de fora da área e colocou a bola no fundo da rede para ampliar a liderança alvinegra no placar.

Em situação incômoda, o Figueirense passou a tomar a iniciativa do jogo com mais clareza, porém sem a mesma eficácia do Alvinegro. A postura persistiu após o intervalo.

A segunda etapa foi marcada pela forte presença ofensiva do Figueirense, que esbarrava na segura defesa do Botafogo. Toda a luta do time da casa, no entanto, foi em vão. A noite era mesmo botafoguense em Florianópolis.

BOTAFOGO: Jefferson, Lucas (Marcelo Mattos), Antônio Carlos, Dória, Lima; Gabriel, Jadson, Lodeiro (Fellype Gabriel), Seedorf e Andrezinho (Renato); Bruno Mendes.
Treinador: Oswaldo de Oliveira.