Publicidade
Esportes
TROFÉU BRASIL

Troféu Brasil de Atletismo terá a participação de quatro amazonenses

A competição teve início na sexta (9) e vai até domingo (11). Os atletas do Amazonas tem chance de medalhas. 09/06/2017 às 22:33
Show 1229646
Juarez Silva (foto) e Franciane Moura ainda irão correr os 5 mil metros no Troféu Brasil de Atletismo. (Foto: Evandro Seixas)
Jéssica Santos Manaus (AM)

Quatro atletas estão representando o Amazonas no 36º Troféu Brasil Caixa 2017, que teve início na sexta, 9, e vai até o dia 11 de junho, em São Bernardo do Campo, São Paulo. São eles, Pedro Nunes, no lançamento de dardo, Juarez Rosa e Franciane Mendes, ambos nos 5 e 10 mil metros, e Alissandra Araújo, nos 800 metros. O Troféu Brasil é a principal competição do atletismo nacional.

Direto do Sul-americano

“Vou chegar tranquilo ao Troféu Brasil, pois acabei de vir do Sul-americano Sub-20, e já chego no clima da competição”, disse Pedro Nunes, que foi o grande campeão do campeonato Sul-americano, com a marca de 69,71m. No Troféu Brasil, sua tarefa será mais difícil, pois o jovem Pedro vai competir na categoria adulta.

Pedro tem importantes títulos na carreira. Em 2015, foi campeão brasileiro. Ano passado, ele foi campeão brasileiro e Sul-americano Sub-18, e em 2017, o atleta começou o ano muito bem, vencendo o Brasileiro Caixa Sub-20, com direito à quebra do recorde da competição e, no último dia 4 de junho, Pedro venceu também o Sul-americano Sub-20, realizado na Guiana.

“Na Guiana, esperávamos que ele chegasse próximo aos 72 metros, mas os implementos lá estavam ruins. Mas a expectativa é que no Troféu Brasil ele consiga fazer um lançamento excelente, vai chegar lá relaxado, e pode imprimir um bom resultado”, disse Margareth Bahia, treinadora de Pedro.

Após o Troféu Brasil, Pedro vai intensificar os treinos para o Pan-americano, já visando o futuro. “Ano que vem tem o Mundial-Sub 20 e eu espero que ele alcance o índice para essa competição. Queremos fechar esse ano atingindo os 75 metros nos lançamentos”, completa Margareth.

Potências das provas de fundo

Juarez se qualificou para o Troféu Brasil nos 5 e nos 10 km. Ele não completou a prova dos 10 mil metros, mas fala sobre seu objetivo na prova dos 5 km, que vai ser disputada no dia 11. “Quero correr melhor que 14’30, e acho que posso. O professor fala que eu já estou correndo na casa dos 13 minutos e, se eu conseguir, posso voltar com uma medalha”, disse o atleta.

Para concluir sua preparação para a competição, Juarez foi treinar no Rio de janeiro, desde o dia 10 de maio, e participou de corridas de rua para ganhar ainda mais ritmo para as provas.

Juarez viajou com o apoio de Oseas, que é corredor e empresário, e decidiu apoiar Juarez com as passagens para que ele pudesse fazer sua preparação final no Rio e seguir de lá para o Troféu Brasil, em São Paulo. “Graças a ele, pude viajar, porque antes, eu não contava com o patrocínio de ninguém. É um pouco difícil, um gasto muito grande”, disse o corredor que se hospedou no Comando de Desporto da Aeronáutica (CDA), no Rio de janeiro, por quase um mês, contando com a estrutura militar para sua estada e treinamentos.

“Foi muito bom esse período. A estrutura é ótima, com duas pistas de atletismo, hotel dos atletas e academia excelentes. Eu fiz uma prova de 1.500m, fui campeão, e corri três corridas de rua também, ganhei duas e fiquei em terceiro em outra”, disse Juarez, que tem competido com os atletas mais fortes do país nas provas, e está satisfeito com seus resultados.

“Tenho sentido muito a minha evolução. Em todas as corridas aqui, melhorei meus tempos”, disse ele.

Franciane foi qualificada para o Troféu Brasil com a marca de 17’ minutos cravados, nos 5 km, e nos 10 km, com 36’21”. Na última sexta, 9, ela correu os 10 km e fez a incrível marca de 34’38”, ficando com o quarto lugar, prestes a subir ao pódio.

Para os 5 km, Franciane está esperançosa. “Meu objetivo é fazer um bom tempo e, se Deus quiser, ficar entre as três. Sei que vai ser difícil, mas não é impossível”, afirma.