Publicidade
Esportes
Legado Olímpico

Comissão visita Manaus para recebimento da piscina usada na Rio 2016

Encabeçada pelo secretário de Alto Rendimento do Ministério dos Esportes, Luis Lima, a comissão visitou a Vila Olímpica de Manaus, onde será montada todo equipamento de natação utilizado durante os Jogos Olímpicos do Rio. 19/01/2017 às 12:24
Show jiai
Acompanhado por Fabrício Lima, titular da Sejel, Luis Lima visitou a Vila Olímpica de Manaus (Foto: Denir Simplício)
Denir Simplício Manaus (AM)

Na manhã desta quinta feira (19), a Vila Olímpica Humberto Calderaro Filho, na Zona Centro-Oeste da capital, recebeu a visita de uma comissão chefiada pelo secretário de Alto Rendimento do Ministério dos Esportes, Luis Lima. O titular da pasta veio verificar o andamento das obras para o recebimento da piscina olímpica utilizada nos Jogos Rio 2016.

Acompanhado do Cel. da Aeronáutica, Celso Gagliardi, do arquiteto projetista, Cláudio Bresciani, e do representante comercial, Haller Freitas, ambos da Myrtha Pools, fabricante da piscina, o titular da pasta visitou o espaço onde será montada um dos maiores legados da Olimpíada no País. A piscina deve chegar a Manaus em março e a previsão é de que no final de julho o equipamento esteja pronto para receber competições.

Ciceroneada pelo titular da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Fabrício Lima, a comissão visitou toda o complexo esportivo, que deve receber outros equipamentos utilizados nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. 

"O momento é de muita felicidade pra mim. Estive aqui no dia da inauguração da Vila, há 27 anos. Vi o Zico, o Claudinei Quirino, ídolos pra mim e sonhava em um dia treinar aqui. Hoje, estou realizando um sonho que é trazer essa piscina pra Manaus, que é um dos legados da Olimpíada", disse emocionado, Fabrício, completando. "O Rio recebeu a Olimpíada, mas quem ganhou a piscina foi Manaus".

Legado Olímpico

Ex-atleta Olímpico, o secretário Luis Lima, falou do legado Olímpico e da alegria em trazer para Manaus uma das duas piscinas usadas na Rio 2016 - a outra será montada em Salvador, na Bahia. 

"Fui atleta Olímpico e sei o quão é importante a vinda desse equipamento para Manaus. A piscina é um dos equipamentos mais emblemáticos dos Jogos, se não o mais emblemático, e tenho certeza que Manaus voltará a ser um polo tanto da vinda de atletas para treinamento, quanto de recebimento de grandes competições ainda esse ano", pontuou o Lima.

Pronta em julho

Doada pelo Ministério dos Esportes, a piscina será transportada em 6 conteineres por navio e tem cerca de 100 mil peças. Fabricada pela empresa Myrthia Pools, o equipamento deve levar 70 dias para ficar pronta. O representante comercial da fabricante, Haller Freitas, falou sobre pequenas adaptações que devem ser feitas no local onde já existia a piscina da Vila Olímpica para receber o novo equipamento.

"Faltam pequenos ajustes no local para receber a piscina. Como o equipamento é pré-moldado, o local tem de se adaptar à piscina, mas são ajustes simples. Assim que a piscina chegar em Manaus, em cerca de 70 a 80 dias ela estará toda montada e pronta para ser usada", explicou Freitas.

Ainda nesta quinta-feira, Luis Lima deve visitar a praia da Ponta Negra, onde fica a sede da Federação Amazonense de Remo. A intenção é reativar a escolinha da modalidade e implementar outros projetos voltados para os esportes aquáticos.

Publicidade
Publicidade