Publicidade
Esportes
Craque

Confira entrevista com o técnico do Palmeiras

‘Não podemos iludir torcedores’. Gilson Kleina Fala sobre os desafios para a próxima temporada 05/12/2012 às 08:49
Show 1
Gilson Kleina, técnico do Palmeiras
Jornal A Crítica Manaus

Ninguém no Palmeiras está tão preocupado com a reformulação da equipe quanto o técnico Gilson Kleina. Afinal de contas, a atual diretoria deve sair em janeiro, quando ocorre a eleição presidencial, mas o treinador fica e se as coisas não derem certo, como sempre acontece no futebol, vai sobrar para ele. Em entrevista exclusiva à Agência Estado, o treinador reclamou da morosidade da diretoria, disse que espera transparência da diretoria para admitir as dificuldades, avisou que vai cobrar atitude do meia Valdivia e encheu a bola dos garotos da base.

Como está a reconstrução do time do Palmeiras?
O que me preocupa é que precisamos de agilidade no mercado. É preciso entender que temos o privilégio de trabalhar com a camisa do Palmeiras, mas os jogadores não vão ficar esperando serem convidados a vir para cá. Outras agremiações importantes também vão atrás dos mesmos jogadores que nós e precisamos de uma exigência à mais. Temos de chamar o jogador e oferecer algo que não seja só a estrutura do clube.

Você fala dinheiro?
Sim. Precisamos de transparência. Caso não tenhamos condições de trazer jogadores que queremos, precisamos falar isso e não criar expectativa na torcida. Vamos direto ao assunto e conviver com a situação.

Te surpreende um clube do tamanho do Palmeiras não ter dinheiro para contratar nem uma promessa, como o Cléber, da Ponte Preta?
Sabemos que a diretoria precisa administrar uma dívida alta, mas o Palmeiras funciona pelo futebol. Isso não pode ser esquecido. O maior patrimônio do clube, os torcedores, querem ver grandes jogadores no time. Já sabemos a guerra que temos pela frente e precisamos saber qual será o nosso arsenal.

E se não chegar os reforços. Como reagir?
Não podemos iludir os torcedores. Se passarmos a realidade para o torcedor, teremos ele ao nosso lado. O mercado está elevado demais e por isso precisamos de inteligência dos governantes do Palmeiras para fazer dinheiro e reforçar o time. Não tem coisa pior do que esperar uma situação e ela não acontecer. Até os jogadores que tem mais consistência no time estão esperando para ter jogadores do nível deles. Mas pode ser também que chegue jogadores que ainda não despontaram e eles acabem dando certo.

Quais posições precisam de reforços?
Precisamos de zagueiros, um concorrente para o Juninho, na direita só temos o Ayrton, precisamos de um meia e um atacante que atue pelos lados. Uns cinco ou seis jogadores. O ideal seria pontuar essas contratações. Trazer incontestáveis.

E o Valdivia. Ainda acredita que possa render alguma coisa?
Acredito que eu consiga resgatá-lo, mas para isso, ele precisa querer se resgatar. Precisa ter vontade e alegria para jogar. Ele até me parece boa gente, vejo em seu semblante que ele quer dar a volta por cima, mas precisa mostrar isso em campo. Ele tem uma identidade muito grande com os torcedores.

O que falar dos garotos que você utilizou?
Sem dúvida João Denoni e Patrick Vieira foram duas revelações muito boas. É impressionante o que esses meninos jogam. O Denoni parece um veterano. São dois reforços para o ano que vem.

E o que falar para a torcida do Palmeiras?
Eu vim em um dos momentos mais difíceis da história do Palmeiras e mesmo assim vi uma torcida que jamais abandonou o time. Eu imagino o que eles podem fazer em boa fase. Por isso peço apoio e vamos juntos voltar a ser respeitados e não motivo de piada.