Publicidade
Esportes
Craque

Coordenador da UGP no AM fala sobre as críticas que Valke fez ao Brasil

Miguel Capobiango disse que o secretário geral da FIFA foi totalmente grosseiro quando declarou que o país merecia um “pé na bunda” 05/03/2012 às 09:55
Show 1
Miguel Capobiango, coordenador da Unidade Gestora da Copa (UGC) no Amazonas
Jornal A Crítica Manaus

Para o coordenador da Unidade Gestora da Copa (UGP) no Amazonas, Miguel Capobiango, o secretário geral da FIFA, Jérôme Valcke foi infeliz ao dizer que o Brasil merecia um chute no traseiro.

“Ele foi totalmente grosseiro quando mandou que tomássemos um ‘pé na bunda’. Valcke tem todo direito de dizer que estamos atrasados para o evento, é uma opinião dele, mas usou as palavras erradas, ninguém se refere assim a um governo”, disse o coordenador da UGP - que afirmou ainda que o ministro dos Esportes, Aldo Rebelo respondeu à altura as criticas do francês.

“Como já disse, Valcke foi desrespeitoso e por isso concordo com tudo o que o ministro Aldo Rebelo falou sobre este assunto. O Brasil realmente precisava dar esta resposta”, concluiu.

Durante o seu “desabafo” sobre o Brasil, o cartola da FIFA também falou da infraestrutura de algumas cidades-sede e inclusive disse que Manaus não possui o número de hotéis necessários para  receber a contento os turistas na Copa  de 2014. Miguel Capobiango afirmou que até 2013 a capital amazonense terá mais de 13 mil leitos.

 “Nós não temos como construir hotéis só para a Copa. Temos que pensar no legado, mas já estamos cuidando disso e posso dizer que até 2013 Manaus terá 13.600  quartos de hotel no padrão adequado para o evento, conforme levantamento feito pela Amazontur”, frisou.

Em relação a uma possível visita de Valcke a Manaus, o coordenador disse que a previsão é de que ele venha a capital depois do mês de maio, por isso esta situação deve ficar para um outro momento.

“Por enquanto vamos nos preocupar em receber os técnicos da FIFA que estarão em Manaus no próximo sábado (10) para verificar as obras da Arena”, finalizou.