Publicidade
Esportes
Craque

Copa Amazonas de Natação começa nesta quarta-feira, em Manaus

Este ano, conforme acordo feito entre os representantes de clubes na Assembleia Geral Ordinária  (A.G.O) do dia 10 de fevereiro de 2012, haverá índice para participar da competição 08/05/2012 às 08:56
Show 1
Matheus Andrade é um dos favoritos para vencer na prova de 50m livres
Nathália Silveira Manaus

As braçadas mais fortes do Amazonas estarão reunidas a partir de desta quarta-feira (09), até sábado (12), na piscina de 50 metros do Parque Aquático da Vila Olímpica de Manaus, para a  Copa Amazonas de Natação - Troféu Educardo Piccinini, com início às 19h durante a semana e às 8h30 no final de semana. Para o evento, estarão cinco estilos em disputa: crawl, borboleta, peito, costa e medley.

Este ano, conforme acordo feito entre os representantes de clubes na Assembleia Geral Ordinária  (A.G.O) do dia 10 de fevereiro de 2012, haverá índice para participar da competição.

“Foram classificados para a Copa somente aqueles que são bons. Não adianta participar aqueles que não tem condições de realizar um bom tempo, só para marcar tempo, pois vão passar vexame. Este evento realmente é de altíssimo nível e por isso não é aberto a qualquer um e só poderá vir aqueles que estão de acordo com  o índice de tempo estabelecido pela A.G.O”, disse o presidente da Federação Amazonense de Desportos Aquáticos (Fada), Vitor Façanha, o “Botinho”, ao destacar que a Copa Amazonas serve de seletiva para o Campeonato Brasileiro, que começa em julho, com etapas espalhadas por todo País.

Sistema de pontuação
Com as categorias infantil, juvenil, adulto e aberto na competição (masculino e feminino), cada atleta poderá participar em quatro provas, mais revezamento. O sistema de pontuação para a Copa Amazonas será de nove pontos para o primeiro lugar, sete pontos segundo lugar e seis pontos terceiro lugar. Sendo que para os que subirem ao pódio, o número de pontos dobra e dez pontos de bonificação serão dados às equipes e atletas com recordes superados.

“Os nomes mais esperados para a competição são Matheus Andrade (50m livres), Analyce Soares (200m livre), Bianca Dantas (800m livre), Isabele Nobre (200m livre e 100m  borboleta) e Jéssica Santos (800m livre). Eles já são conhecidos”, observou Botinho.

Eduardo Piccinini Beca  foi o único amazonense a disputar uma Olimpíada, juntamente com seu treinador manauara, Aly Almeida. Ambos foram aos Jogos Olímpicos de Verão de 1992, realizado em Barcelona.  O melhor resultado de Picininni na Olimpíada, foi 14º lugar nos 200m borboleta.