Publicidade
Esportes
Craque

Corinthians faz 2 a 0 no Cruzeiro com gols de Paulinho e Chicão

Sem o suspenso Douglas, Tite retomou o tradicional sistema 4-3-3, com Romarinho, Jorge Henrique e Emerson no ataque 25/07/2012 às 18:59
Show 1
Jogadores do Corinthians comemoram gol de pênalti de Chicão, A equipe abriu 1 a 0 sobre o Cruzeiro no primeiro tempo
UOL São Paulo (SP)

Paulinho comemorou seu aniversário de 24 anos em grande estilo. Com um golaço nos acréscimos, ele ajudou o Corinthians a vencer o Cruzeiro por 2 a 0, no Pacaembu. A equipe comprovou sua reação pós-Libertadores, após frequentar a zona do rebaixamento, e conquistou o terceiro triunfo em quatro jogos.

O jogo também marcou a estreia do atacante Guerrero, que teve pouco mais de 5 min para mostrar serviço. Com este triunfo, o Corinthians chega a 15 pontos. Já o Cruzeiro continua com 20 pontos, se afastando do G-4.

Sem o suspenso Douglas, Tite retomou o tradicional sistema 4-3-3, com Romarinho, Jorge Henrique e Emerson no ataque.

O Corinthians foi muito superior ao Cruzeiro no 1º tempo. Fábio fez boas defesas. Ele espalmou chute forte de fora da área de Danilo, aos 17 min.

A equipe paulista abriu o marcador aos 22 min. Jorge Henrique foi premiado pela insistência em cada jogada. Em um lance “morto” na entrada da área,, o atacante conseguiu se antecipar ao volante Sandro Silva. O cruzeirense vacilou e derrubou o corintiano. Pênalti. Na cobrança, o zagueiro Chicão marcou.

A bobeada de Sandro Silva no pênalti e o cartão amarelo logo no começo de partida custaram caro ao volante. Roth substituiu Sandro Silva 5 min depois do gol do Corinthians.

Bem marcado, Montillo não conseguia alimentar o ataque no primeiro tempo. Borges e Wellington Paulista foram facilmente anulados. Pela direita, Fabinho também era travado pela defesa corintiana.

Já Fábio impedia vantagem maior do Corinthians.  O goleiro fez grande defesa em finalização de Romarinho.

No segundo tempo, Emerson perdeu gol incrível, sem goleiro, furando cruzamento à meia altura, no começo do segundo tempo.

O Cruzeiro seguia pouco inspirado. De falta, Montillo quase empata a partida.

Romarinho não estava em uma noite boa. Ele havia perdido chance clara na etapa inicial. No segundo tempo, ele desperdiçou outras duas grandes oportunidades.

Em desvantagem, o Cruzeiro decidiu partir para cima do Corinthians. Montillo começou a articular jogadas ofensivas, ligando Wellington Paulista.

Já aos 41 minutos, Tite promoveu a estreia do peruano Guerrero no lugar de Emerson Sheik. O atacante, que chegou ao clube para substituir Liedson, teve pouco tempo para mostrar suas qualidades.

Já nos acréscimos, Paulinho marcou um golaço de fora de área sem defesa para Fabio.