Publicidade
Esportes
Craque

Corinthians poderá ser punido pela morte de torcedor na Bolívia

Torcedores do clube alvinegro teriam disparado um sinalizador no sentido da torcida adversária atingindo o olho direito do torcedor de 14 anos 21/02/2013 às 16:31
Show 1
Torcida presente no estádio boliviano momentos antes do incidente
acritica.com Manaus (AM)

Por causa da morte de um torcedor Boliviano de 14 anos, atingido por um sinalizador que supostamente saiu da arquibancada dos torcedores do time do Brasil, na noite da última quarta-feira (20), no jogo contra o San José, em Oruro, na Bolívia, o Corinthians poderá ser punido pela morte do torcedor.

Ao menos essa foi a opinião de um dos membros do tribunal da Conmebol (Confederação Sul-Americana de futebol) que irá julgar o caso, em entrevista para o portal UOL.

“A exclusão é mais em casos de ações do próprio clube, como corrupção ou abandono de campo. Por ato da torcida é improvável”, falou o membro do tribunal, que pediu para não ser identificado, ao ser entrevistado pelo portal.

No entanto, o clube brasileiro só será punido pela Conmebol após o tribunal de disciplina da entidade avaliar os relatos feito pelo delegado da partida.

Entenda o caso

Após comemorar o gol do Corinthians, feito por Guerrero, no primeiro tempo, os torcedores do clube alvinegro teriam disparado o sinalizador no sentido da torcida adversária atingindo o olho direito de Kevin Douglas Beltrán Espada, 14 anos.

Doze torcedores do Corinthians estão detidos na Bolívia e proibidos de sair do país. Eles foram presos por portarem objetos semelhantes ao que atingiu o garoto.