Publicidade
Esportes
Craque

Corínthians vira e vence o Flamengo por 3 a 2, no Pacaembu

O Flamengo volta para o Rio de Janeiro nesta quinta-feira (11.11) e tem seu próximo compromisso marcado para sábado (13.10), diante do Cruzeiro 10/10/2012 às 23:15
Show 1
Corinthians e Flamengo jogaram em São Paulo
Acritica.com Manaus (AM)

A noite até começou boa para o Flamengo nesta quarta-feira (10.10). Diante do Corinthians, no Pacaembu, o Rubro-negro saiu na frente, mostou um bom futebol na primeira etapa, mas caiu de produção e acabou derrotado por 3 a 2. Com o resultado, o Fla fica com os mesmos 35 pontos, na 14ª posição.

O Flamengo volta para o Rio de Janeiro nesta quinta-feira (11.11) e tem seu próximo compromisso marcado para sábado (13.10), diante do Cruzeiro.

Na primeira etapa, o Flamengo mostrava sua característica típica: tinha mais posse de bola que o adversário. No entanto, encurralado por uma forte marcação do Corinthians, não conseguia criar bons lances. Do outro lado, o time paulista também não assustava. A primeira boa chance de gol veio apenas aos 17 minutos, quando Renato arriscou de longe. A bola passou perto do gol de Cássio, mas foi para fora.

Em seguida foi a vez de Felipe ter que mostrar trabalho. Douglas cruzou e Paulo André cabeceou para o chão, obrigando o goleiro rubro-negro a fazer uma boa defesa.

O jogo seguiu equilibrado, mas, aos 29, o Flamengo abriu o marcador numa jogada de bola parada. Ibson cobrou falta da intermediária e Renato Santos entrou por trás da zaga corinthiana para completar: 1 a 0.

Com a vantagem, o Flamengo viu o Corinthians tentar acelerar o ritmo da partida. Só que a postura rubro-negra continuava a mesma e o time não passou por maus bocados. Apenas aos 41 minutos Felipe teve que trabalhar novamente. Douglas cobrou falta no ângulo, mas o arqueiro rubro-negro foi buscar.

Veio a segunda etapa e o Corinthians partiu para cima do Flamengo com tudo. Até os 15 minutos, o time rubro-negro se defendeu bem, mas numa bobeira de Welington Silva, Fabio Santos aproveitou, cruzou e Edenílson empatou.

Dorival Junior mexeu no time, sacou de uma vez Ibson e Léo Moura para a entrada de Adryan e Wellington Bruno. Mas quem continuou pressionando foi o Corinthians. Embalado pela torcida, o time paulista chegou ao empate numa cobrança de escanteio, aos 30. Douglas cobrou e Paulo André cabeceou forte, sozinho: 2 a 1.

O Flamengo ainda contou com a entrada de Liedson, teve um gol corretamente anulado, mas não chegou nem perto de empatar. No final do jogo, foi o Corinthians que ampliou. Edenílson arrancou e deu de presente para Emerson, sozinho, matar o jogo. Liedson ainda diminuiu, mas não deu mais tempo de nada: 3 a 2.