Publicidade
Esportes
SUSPENSO

Cristiano Ronaldo leva 5 jogos de suspensão após agressão a juiz durante clássico

Por causa da agressão, Cristiano Ronaldo foi enquadrado no artigo 96 do regulamento de competições da RFEF, que prevê a suspensão de quatro a 12 jogos de suspensão 14/08/2017 às 11:02
Show dddddd
Estadão Coonteúdo

Custou caro a Cristiano Ronaldo o seu ato de indisciplina cometido no jogo de ida da final da Supercopa da Espanha, no último domingo, contra o Barcelona, no Camp Nou, onde foi expulso no segundo tempo do clássico e depois perdeu a cabeça ao empurrar o árbitro De Burgos Bengoetxea antes de deixar o gramado. O juiz único de competição da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) aplicou nesta segunda-feira uma suspensão de cinco partidas ao atacante português, que antes de partir para cima do árbitro havia recebido dois cartões amarelos e o consequente vermelho na partida que terminou com vitória do time madrilenho por 3 a 1.

Por causa da agressão, Cristiano Ronaldo foi enquadrado no artigo 96 do regulamento de competições da RFEF, que prevê a suspensão de quatro a 12 jogos de suspensão. E ele acabou levando quatro partidas de gancho pelo empurrão ao juiz, além da suspensão automática por ter sido expulso na partida contra o Barça.

Para completar, o astro ainda recebeu duas multas que somam 3 805 euros (cerca de R$ 14,2 mil), sendo 800 euros por tirar a camisa e exibi-la para a torcida do Barça após marcar o segundo gol do Real e também por ter supostamente tentado ludibriar a arbitragem ao simular um pênalti quando recebeu a marcação de Umtiti, do Barça. Já os outros 3.805 euros foram uma punição acessória ao gancho de quatro partidas por agressão, com a qual infringiu o artigo 96 do regulamento.

Na decisão do juiz também foram aplicada duas multas que totalizaram 1.750 euros (aproximadamente R$ 6,5 mil) ao Real Madrid, que por causa da punição não deverá contar com Cristiano Ronaldo no duelo de volta da decisão da Supercopa da Espanha, nesta quarta-feira, às 18 horas (de Brasília), no Santiago Bernabéu, e também nas quatro primeiras rodadas do Campeonato Espanhol, contra Deportivo La Coruña, Valencia, Levante e Real Sociedad. A edição 2017/2018 do torneio nacional começa nesta sexta-feira. A estreia da equipe merengue, atual campeã nacional, será no domingo, fora de casa, contra o La Coruña.

Antes da punição ser aplicada a Cristiano Ronaldo, o Real Madrid havia entrado com um recurso para tentar anular a aplicação do segundo cartão amarelo, e o consequente vermelho que o jogador recebeu após o árbitro entender que o astro simulou ter sofrido um pênalti no segundo tempo da partida contra o Barça. Antes disso, ele também levou um amarelo pela comemoração polêmica do seu gol no clássico.

O Real alegou que o segundo amarelo foi aplicado de forma injusta por defender que o atacante não simulou a penalidade que motivou a nova advertência. Agora, porém, o clube terá até dez dias para entrar com um novo recurso contra a punição que o deixa sem o seu astro pelas próximas cinco partidas deste seu começo de temporada.

Por ter vencido o duelo de ida por 3 a 1, o time madrilenho poderá ficar com o título da Supercopa da Espanha até com uma derrota por 2 a 0 nesta quarta-feira, tendo em vista o maior peso dos três gols marcados fora de casa no duelo de ida da decisão, para efeito de desempate.