Publicidade
Esportes
Craque

Cuca confirma Ronaldinho no lugar de Escudero e tem dúvida entre Bernard e Donizete

Como trabalhou apenas bola parada nesta sexta-feira, Cuca não deu pistas do provável time, que pode começar com a seguinte formação 08/06/2012 às 13:20
Show 1
Ronaldinho Gaúcho, do Atlético Mineiro
Uol São Paulo (SP)

Depois de confirmar a estreia de Ronaldinho Gaúcho diante do Palmeiras, neste sábado, o técnico Cuca informou, nesta sexta-feira, que o meia-atacante entrará na vaga do argentino Escudero. A dúvida do treinador para o jogo no Pacaembu, às 21h, pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro, está entre o jovem meia Bernard e o volante Leandro Donizete.

“Escudero sai a princípio (para entrada de Ronaldinho), mas a gente está definindo ainda a presença do Bernard ou não”, observou Cuca. O treinador disse que avaliará ainda a condição física de Bernard antes de decidir quem inicia a partida em São Paulo.

“Tenho uma dúvida em relação ao Bernard, jogador que tem desgaste grande no jogo. A gente vai observar para ver se ele vai ter a condição ideal de jogar ou não. Se não jogar, joga o Leandro Donizete no lugar dele”, afirmou Cuca.

Como trabalhou apenas bola parada nesta sexta-feira, Cuca não deu pistas do provável time, que pode começar com a seguinte formação: Giovanni; Marcos Rocha, Réver, Rafael Marques e Júnior César; Pierre, Leandro Donizete (Bernard), Richarlyson e Ronaldinho Gaúcho; Danilinho e Jô.

Depois do empate com o Bahia em 1 a 1, na última quarta-feira, no Independência, Cuca informou que Ronaldinho atuaria na armação das jogadas e será a “cabeça pensante” da equipe mineira. A intenção é que a bola chegue aos atacantes com mais qualidade.

Contratado na segunda-feira passada, Ronaldinho Gaúcho, que recorreu à Justiça do Trabalho para rescindir o contrato com o Flamengo, tem treinado forte na Cidade do Galo. Nesta sexta-feira, ele marcou um gol por cobertura durante o “rachão” e brincou com os companheiros: “Eu vim aqui para isso”.

Inscrito na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) somente na quarta-feira, por causa de atraso na documentação, Ronaldinho não pôde estrear diante do Bahia, mas esteve no Independência e torceu bastante pelos companheiros. Porém, o time mineiro não conseguiu vencer e quebrou sequência de duas vitórias no Brasileirão.