Publicidade
Esportes
JOGOS OLIMPICOS

Delegações Olímpicas do Japão, Colômbia e Suécia aprovam estrutura de Manaus

Representantes dos países visitaram Arena da Amazônia, Centros de Treinamento e também acomodações 15/04/2016 às 19:49
Show dsc 4186
Representantes dos países se reuniram com o governo
ACRITICA.COM* Manaus

 

Um dia depois do sorteio das chaves das seleções de futebol serem anunciadas pela Fifa para os Jogos Olímpicos Rio 2016, as delegações que vão jogar em Manaus começaram a programação de visitas para reconhecimento da Arena da Amazônia, Centros de Treinamento e acomodações. Nesta sexta-feira, 15 de abril, as comitivas das seleções do Japão, Suécia e Colômbia estiveram em Manaus onde participaram de reuniões técnicas com os representantes do Governo do Estado.

As comitivas técnicas de Colômbia, Suíça e Japão conheceram a infraestrutura preparada para receber os jogos de futebol das Olimpíadas. O grupo visitou os Centros de Treinamento e a Arena da Amazônia. Em seguida, reuniram-se na sede do Governo do Estado, com representantes da Prefeitura de Manaus, Governo do Estado e Comitê Olímpico, para conversar sobre o trabalho que vem sendo desenvolvido na capital para receber o evento.

Os representantes das três delegações olímpicas fizeram uma avaliação positiva sobre os locais de treinamento e do estádio. Os técnicos elogiaram a preparação e, principalmente, a Arena da Amazônia. “Me parece que temos muito boas condições. Tem três campos de treinamento, que, logicamente, vão se condicionar a algumas normas, e há o estádio principal que é um espetáculo, um cenário extraordinário e esperamos que tudo possa sair bem”, disse o técnico da Colômbia, Carlos Respreto.

O técnico do Japão, Tomokazu Ikebe, ressaltou que, assim como foi na Copa do Mundo, a infraestrutura da Arena da Amazônia e dos Centros de Treinamentos devem oferecer boas condições para as partidas. “Como esse foi um estádio construído para a Copa do Mundo, é um estádio muito bonito e funcional. E os Centros de Treinamento estão todos com boa infraestrutura, alguns ajustes precisam ser feitos, mas ainda temos longo tempo e estamos confiantes de que os jogos serão muito bons aqui”.

A expectativa é a melhor possível para o técnico da Suécia, Ericsson Hakan. “Na verdade, é uma nova experiência para nós. No início, estávamos um pouco preocupados com o clima, com o calor, especialmente quando se vai enfrentar times que já estão acostumados, como a Colômbia e Nigéria, mas nós gostamos de desafios e estamos ansiosos para jogar”.

Cumprimento - Conforme o coordenador estadual do Comitê Olímpico Manaus 2016, Mário Aufiero, Manaus cumpre o calendário de encargos do Comitê Rio 2016. “A construção de dois vestiários já vão iniciar essa semana e isso estava previsto no calendário de encargos da Rio 2016, em virtude da nossa rodada dupla. E essa adaptação foi feita também em todos os estádios que vão sediar as partidas de futebol olímpico”.

Ingressos - Mário Aufiero afirmou que mais de 40% dos ingressos para os jogos na Arena da Amazônia já foram vendidos. “Isso demonstra o sucesso que serão os jogos. O balanço é extremamente positivo, principalmente depois da visita dos dirigentes das seleções da Colômbia, Japão e Suécia, que aprovaram todas as nossas estruturas de treinamento e ficaram impressionados com a Arena da Amazônia”.

Renda - De acordo com o coordenador municipal do Comitê dos Jogos Olímpicos de Manaus e diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Bernardo Monteiro de Paula, a permanência das seleções na cidade deverá gerar empregos, renda e atrair turistas, além da imprensa mundial que cobre o evento. “Os dirigentes cogitaram a chegada dos atletas entre 30 e 10 dias antes dos jogos para ajudar na preparação e familiarização com o clima. Isso é muito importante para alavancar, por exemplo, a taxa de ocupação da rede hoteleira. Faremos o possível para viabilizar isso”, explicou. 

*Com informações da Assessoria de Comunicação