Publicidade
Esportes
Craque

Depois do empate em casa, Penarol vai a Rio Preto da Eva pegar o Iranduba

O jogo foi transferido pela Federação Amazonense de Futebol (FAF), para Rio Preto porque o estádio Álvaro Maranhão, em Iranduba, não oferece condições so jogadores 23/02/2013 às 10:28
Show 1
Sérgio Duarte e Aderbal Lana
Bruno Tateu e Carlos Eduardo Souza Manaus (AM)

Mesmo sendo considerado favorito - pela projeção alcançada nos últimos anos, o Penarol enfrenta o Iranduba hoje, às 15h30, no Estádio Francisco Garcia, em Rio Preto da Eva (a 57 quilômetros a sudoeste de Manaus), com retrospecto negativo.

O principal é referente ao último encontro entre os times, que terminou com uma surpreendente vitória do Verdão em pleno Floro de Mendonça, a casa do Leão da Velha Serpa.

A partida aconteceu no Estadual do ano passado e o resultado foi de 2 a 0 para o Iranduba. Contudo, essas equipes entram em campo hoje em situação diferente. Com poucos remanescentes de 2012 e um elenco rejuvenescido, o Iranduba é considerado uma incógnita até para o próprio técnico Sérgio Duarte, que vai tentar surpreender o adversário na estreia.

“Vamos entrar com jogadores rápidos, de uma faixa-etária baixa. Tenho que avaliar a condição do Fofão, que está sentindo um problema muscular. Temos que analisar também o caso do Carlos Henrique, que acordou com dor de cabeça e indisposto (na quinta-feira). Espero que esses jogadores estejam todos aptos”, disse.

Sem ansiedade

Pelo lado do Penarol, o técnico Aderbal Lana tem como principal obstáculo a ansiedade dos jogadores, fator que, segundo ele, atrapalhou o desempenho da equipe na estreia.

 “Agora saiu um pouco aquela ansiedade do início. A equipe estava badalada com a inauguração da nova arquibancada e o torcedor em cima, mas espero que o time possa corresponder agora”, analisou.

Lana não considerou ruim o desempenho do Penarol no empate em casa contra o Holanda, portanto confirmou que repetirá a formação, mas com duas mudanças entre os titulares. Regularizado, o meia-atacante David Macedo deve entrar no lugar de Neto. Já o volante Eduardo, machucado, vai dar lugar ao meia Israel e Igor Cearense jogará mais recuado.

Iranduba

Um mês de dificuldades e o técnico Sérgio Duarte, enfim, tem um time para colocar em campo contra o Penarol, na tarde deste sábado, no Estádio Francisco Garcia, em Rio Preto da Eva. O treinador teve de aguardar até o fim do expediente desta sexta-feira, na Confederação Brasileira de Futebol (CBF), para saber quem eram os jogadores que estavam em condições de jogo.

Depois, foi a hora de escolher quem entra em campo. Mas ele ainda tem uma dúvida. Ele ainda não definiu se escala Filho ou Paulo Roberto no gol. O primeiro veio das divisões de base do Nacional e disputou a Copa São Paulo de Futebol Junior nesse ano. O segundo é oriundo do futebol paraense.

“Vou definir isso ainda. Estou avaliando. Mas é a única dúvida que tenho. Tivemos muitas dificuldades para trabalhar nos últimos dias, porque o excesso de chuva prejudicou os campos. Tanto que vamos jogar longe de Iranduba neste sábado”, disse o técnico Sérgio Duarte.

Quando ao esquema de jogo, Sérgio jamais abandona o 3-5-2, que deu certo quando dirigiu o América na Série D e deu certo. Por falar em América, Jeferson Fofão é um remanescente daquele time que chegou entre os quatro melhores da Série D. ele está confirmado na zaga e fará terceiro zagueiro pelo lado esquerdo. Pedrão e Raul completam a zaga.

Lucas Castanheira e Marquinhos (ex-Nacional) serão os dois alas. Felipe Cristiano, Junior e Thiago Amazonense completam o meio campo, com Adeilson e Carlos Henrique, no ataque. 

Ficha técnica

Penarol  x Iranduba

Estádio: Francisco Garcia (Rio Preto da Eva)

Horário: 15h30

Árbitro: Djalma Silva de Souza

Assistentes: Jander Rodrigues Lopes e Elivane Trindade da Costa.

Iranduba

Paulo Roberto (Filho); Raul, Pedrão e Fofão; Felipe Cristiano, Lucas Castanheira, Tiago Amazonense, Júnior e Marquinhos; Adeilson e Carlos Henrique. Técnico: Sérgio Duarte.

Penarol

Lauro; França, Rodrigo Rizo, Márcio Abrahão e Rodrigo Ítalo; Thompson, Igor Cearense, Israel e Kitó; David Macedo e Robemar. Técnico: Aderbal Lana.