Publicidade
Esportes
Craque

Derrota para Santa Cruz (PE) não abalou Penarol (AM)

Tentando se reerguer após o revés por 2 a 1 no estádio do Sesi, a equipe de Itacoatiara segue confiante de que conseguirá reverter o resultado no jogo de volta, marcado para o dia 14, no Recife 09/03/2012 às 15:50
Show 1
Roberto Oliveira, técnico do Penarol
Adan Garantizado Manaus

As duas venenosas picadas que a “Cobra Coral” do Santa Cruz acertou no “Leão” do Penarol, na noite de quarta-feira, foram doloridas, deixaram cicatrizes, mas ainda não foram o suficientes para abater o bicampeão amazonense na Copa do Brasil. Tentando se reerguer após o revés por 2 a 1 no estádio do Sesi, a equipe de Itacoatiara segue confiante de que conseguirá reverter o resultado no jogo de volta, marcado para o dia 14, no Recife.

Como o elenco viajou imediatamente, após o jogo, para Itacoatiara e chegou na Velha Serpa por volta de 5 horas da manhã, o grupo ganhou folga nesta quinta-feira. A maratona de treinos visando o confronto da próxima quarta-feira recomeça no sábado (10).

O presidente do Penarol, Daniel Macedo, lamentou o placar adverso, mas tratou de garantir que mesmo após ser eliminado pelo Princesa nas semifinais do primeiro turno do Campeonato Amazonense e estrear na Copa do Brasil com derrota, o treinador Roberto Oliveira será mantido no cargo.

“É lógico que ficamos chateados com a derrota, mas acontece. Ninguém sequer cogitou a hipótese de mandar o Roberto embora. Até porque essa foi à primeira derrota do Penarol no ano. Não dá pra jogar um trabalho fora só por conta de um único resultado”, afirmou Macedo, que culpou a má atuação de sua equipe no primeiro tempo pelo resultado ruim.

“A equipe estava nervosa e errou muito. Levamos dois gols em falhas de marcação da defesa que não deveriam acontecer. Na segunda etapa consertamos os erros e poderíamos ter empatado ou até vencido o jogo”, analisou o presidente.

Roberto Oliveira enalteceu as qualidades do Santa Cruz, mas se mostrou esperançoso em arrancar a classificação na casa do adversário.

“Nós criamos muito no segundo tempo. Por muito pouco o Penarol não conseguiu empatar o jogo. Estamos vivos”, destacou o treinador. O presidente do clube também manteve o tom otimista. “Estou confiante. Tenho esperanças de conseguir a classificação”, enalteceu Daniel.