Publicidade
Esportes
Craque

Deu a louca no Tricolor: após cenas de MMA, vice de futebol é demitido do São Paulo

O vice de futebol do time do Morumbi, Ataíde Gil Guerreiro foi exonerado do cargo na noite desta segunda-feira (5). A demissão evidencia a briga entre o cartola e o presidente do clube, Carlos Miguel Aidar, que teriam ido às vias de fato durante reunião 06/10/2015 às 13:12
Show 1
Aidar e Guerreiro teriam ido às vias de fato durante reunião do são Paulo.
ACRITICA.COM Manaus (AM)

O clima de guerra tomou conta do Morumbi. Menos de 24 horas depois de uma suposta briga envolvendo o presidente do São Paulo, Carlos Miguel Aidar, e o vice de futebol do clube, Ataíde Gil Guerreiro, o responsável pelo futebol do Tricolor foi demitido do cargo.

A demissão apenas confirma que os cartolas do time paulista realmente foram às vias de fato em reunião em um hotel da capital paulista.

A diretoria do São Paulo não confirmou as cenas de MMA envolvendo os cartolas tricolores. Mas coluna da revista Veja informou que os principais dirigentes sãopaulinos saíram no tapa e tiveram de ser contidos pelos presentes na reunião.

Gil Guerreiro teria dado um soco em Aidar que teria ido ao chão. Na sequência do “combate”, o agora ex-vice de futebol teria tentado esganar o mandatário do clube Morumbi.


A confusão na cúpula do São Paulo apenas evidencia o momento complicado que vive o clube.

Com o técnico Juan Carlos Osório às vésperas de deixar o Tricolor para assumir a seleção mexicana, a diretoria sãopaulina bate cabeça à procura de um substituto para o colombiano. Esse teria sido o motivo da briga entre os dirigentes, que discordam dos nomes sugeridos.