Publicidade
Esportes
Craque

Djalma cita três jogadores do Fast por agressão no Pai e Filho

Djalma poderia expulsar os jogadores mesmo com a partida encerrada, mas ele preferiu apenas citar em súmula e os atletas estão liberados para jogar  10/02/2012 às 16:31
Show 1
Djalma Silva foi protegido pela PM no SESI
Acritica.com Manaus (AM)

O goleiro Nailson, o lateral Catatau e o atacante Junior Lacraia, todos do Fast Clube, foram citados em súmula pelo árbitro Djalma Silva de Souza, que apitou o jogo entre Nacional e Fast Clube, pela quarta rodada do Campeonato  Amazonense 2012.

A partida teve vitória do Nacional por 1 a 0 e, no final do jogo, jogadores do Tricolor pediram a marcação de um pênalti, depois que Michel cobrou escanteio e no rebote da zaga, o lateral Catatau chutou em cima do zagueiro Alexandre. Jogadores do Fast alegaram que a bola bateu na mão de Alexandre.

Como a bola foi para a linha de fundo, o árbitro Djalma Silva encerrou a partida, porque já havia ultrapassado os três minutos que ele havia acrescido no tempo regulamentar. Os jogadores do Fast cercaram o Juiz e o goleiro Nailson empurrou Djalma, que caiu no gramado. As imagens foram mostradas pelas câmeras da TV Acritica.

Logo após a partida, o árbitro disse que não sabia que tinha causado sua queda, mas que os assistentes Marcos Santos A Marleudo Nunes haviam dito que Nailson o empurrara. “Não vi quem foi. Mas o Nailson vai ser citado na súmula do jogo e o TJD decide”, disse Djalma.

A súmula do jogo foi entregue nesta quinta-feira na Federação Amazonense de Futebol, mas ainda não chegou às mãos do secretário do tribunal de Justiça Desportiva (TJD), José Roberto Moreira da Rocha. O diretor da FAF, Ivan Guimarães, disse que somente na segunda-feira, ele poderá receber o documento, pois  o mesmo se encontra em Manicoré.

“Já recebemos a súmula e o árbitro citou uma tentativa de agressão por parte do Nailson, Catatau e Lacraia. Agora, quem vai decidir se eles serão denunciados, vai ser o procurador do TJD”, disse Ivan.

Pela regra, Djalma poderia ter dado um cartão vermelho para o jogador, os jogadores, mesmo com a partida encerrada. Ele tem 24 horas para entregar a súmula e nesse período ele pode citar que deu um cartão vermelho para determinado jogador e ainda tem espaço para explicar o motivo da expulsão. Djalma preferiu apenas citar e os três atletas do Fast têm condições  de atuar no Estádio Afonsão, contra o CDC Manicoré.