Publicidade
Esportes
Iranduba

Djenifer fala sobre o gol marcado na vitória sobre o Kindermann: 'é gratificante'

Autora do gol que deu a primeira vitória do Hulk no Brasileirão Feminino 2018 comenta a estreia. Djeni foi expulsa dez minutos após marcar o primeiro tento do Iranduba na competição 25/04/2018 às 20:20
Show dj
Foto: Evandro Seixas
Camila Leonel Manaus (AM)

O primeiro gol do Iranduba no Campeonato Brasileiro foi marcado pela meia e capitã do time, Djenifer Becker, de pênalti, aos 33 minutos do segundo tempo. O tento deu a vitória ao Iranduba na estreia contra o Kindermann na tarde desta quarta-feira (25), em Caçador (SC) e deu os três primeiros pontos para o time amazonense na competição.

Após a partida, o sentimento da capitã era de gratidão por ter feito o gol. "Gratificante demais, queríamos demais essa vitória. Vamos jogar cada jogo desse campeonato como uma final e o importante não é quem faz o gol, mas sim o Iranduba levar os três pontos", disse a capitã, que no ano passado marcou seis gols no Campeonato Brasileiro.

O gol de Djeni foi uma das poucas finalizações do Iranduba na partida, mas fazia parte da estratégia do técnico Adilson Galdino para o jogo. "Nosso time treinou muito marcação baixa, enquanto o adversário tem posse de bola com as zagueiras não nos oferecem muito perigo, claro que ficam com um volume de jogo maior, mas sabíamos que iríamos aguentar a pressão, fomos treinadas para isso. Elas tiveram inúmeras chances, todas as nossas linhas trabalharam muito e muito bem", afirma a capitã.

Mas o gol não foi o único fato que tornou Djeni uma personagem no jogo. Dez minutos após fazer o gol, aos 43 minutos, ela levou o segundo amarelo depois de fazer falta dura no meio de campo e foi expulsa de campo. A primeira advertência com cartão veio aos quatro do primeiro tempo. Segundo a súmula Djenifer 'fez gestos obscenos para a torcida adversária após uma advertência da arbitragem'.

Apesar da expulsão, a jogadora afirma que os cartões não têm a ver com o nervosismo da estreia, mas com excesso de vontade. "Em relação aos cartões, não foi pilha de estreia, pode ter sido excesso de vontade para vencer o jogo. Independente de tudo o importante são os três pontos que conseguimos fora de casa", explicou.

Com o cartão vermelho, Djeni cumpre suspensão na próxima partida e desfalca o Iranduba contra o Sport na quarta-feira (3), na Arena da Amazônia, às 20h.

Publicidade
Publicidade