Publicidade
Esportes
Craque

Em clima de decisão, Atlético-MG vence Flu de virada e mostra que segue vivo no Brasileirão

O galo derrotou o tricolor carioca por 3 a 2, no estádio Independência. Com resultado, a vantagem do líder, que era de nove pontos, caiu para seis 21/10/2012 às 21:16
Show 1
Atlético MG bate o líder Fluminense
acritica.com Manaus (AM)

Em clima de decisão, Atlético-MG venceu por 3 a 2 de virada o Fluminense, neste domingo (21), no estádio Independência, em partida válida pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Segundo colocado, o Galo provou que continua vivo na competição e que não desistiu de conquistar título de campeão de 2012. Com resultado, a vantagem do líder, tricolor carioca, que era de nove pontos, caiu para seis.

Com o apoio da torcida que lotou o Independência, a equipe mineira fez uma enorme pressão no primeiro tempo, com lances arriscados, duas bolas na trave e até um gol anulado de Ronaldinho Gaúcho, devido a uma falta desnecessária de Leonardo Silva. O Fluminense, que contou com belas defesas do goleiro Diego Cavalieri, teve apenas uma finalização, aos 49 minutos, quando Thiago Neves cobrou uma falta e mandou a bola para fora por cima do gol. A primeira etapa ficou mesmo no 0 a 0.

No segundo tempo, o Atlético-MG continuou mandando no jogo, mas não conseguia finalizar. Jogando no contra-ataque a equipe carioca abriu o placar aos 10 minutos, com um gol de Wellington Nem, que marcou depois de receber um belo passe de Fred.

O empate atleticano aconteceu aos 23 minutos, com um gol de Jô, que voltou a marcar aos 36, colocou o Galo à frente e levou a torcida ao delírio. Mas logo em seguida surgiu o artilheiro Fred, que voltou a deixar tudo igual. E quando parecia que este seria o resultado final do confronto, Leonardo Silva aproveitou um cruzamento perfeito de Ronaldinho e fez o gol que garantiu a vitória do Atlético-MG e  reascendeu a esperança de conquistar a taça de 2012 no coração dos torcedores mineiros.

Antes do apito final, houve ainda uma confusão envolvendo jogadores dos dois times e Júnior César levou o terceiro cartão amarelo.

Com o resultado o Galo somou 63 pontos, seis a menos que o Fluminense que permanece com 69.