Publicidade
Esportes
Craque

Em dia de "estreias", Tricolor empata sem gols com a Ponte Preta

Ganso e Cañete , dupla que a diretoria aposta muito, estiveram em campo na tarde deste domingo 25/11/2012 às 20:55
Show 1
Paulo Henrique Ganso domina a bola no jogo entre São Paulo e Ponte Preta
Oficial São Paulo ---

O São Paulo já garantiu uma vaga na Libertadores de 2013 e Ney Franco, de olho nas semifinais da Sul-Americana, poupou todos os titulares diante da Ponte Preta, na tarde deste domingo, em Campinas, pelo Campeonato Brasileiro. Mas, apesar do empate em 0 a 0, a partida serviu para o comandante testar alguns jogadores.

O primeiro deles foi Paulo Henrique Ganso. Após dois jogos, o camisa 8 fez a primeira partida como titular do São Paulo. O Maestro buscou o jogo, deu passe e foi substituído no segundo tempo por outro jogador que a diretoria são-paulina aposta muito: o argentino Cañete, que estreou em 2012 após se recuperar de uma cirurgia no joelho e pode ser uma boa opção a Ney Franco em 2013.

Com o resultado, o Tricolor subiu para 63 pontos e permanece na quarta colocação do Brasileiro. Na última rodada da competição nacional, o São Paulo enfrentará o Corinthians, no Pacaembu. No primeiro turno, no mesmo estádio, vitória são-paulina por 2 a 1, com dois gols de Luis Fabiano.

GANSO É TITULAR
Com uma equipe totalmente reserva, o São Paulo entrou em campo para enfrentar a Ponte Preta. No meio de campo, Paulo Henrique Ganso fez a primeira partida como titular. Já no ataque, Willian José foi o único atacante de origem e contou com a parceria de Cícero, que jogou mais avançado.

Mesmo fora de casa, o Tricolor chegou com perigo ao gol campineiro. Aos nove minutos, Maicon arriscou de fora da área e quase marcou. Aos 14, a melhor chance da primeira etapa. Casemiro tabelou com Willian José e saiu cara a cara com o goleiro, mas tentou duas vezes e não balançou a rede adversária.

Lá atrás, Denis foi seguro. Aos 37 minutos, Roger tentou boa finalização, mas o são-paulino estava atento para aliviar o perigo. O empate sem gols foi a tônica do primeiro tempo, que teve um São Paulo melhor, mas jogando contra um time que contou com o apoio da torcida presente.

CAÑETE "ESTREIA"
Na volta do intervalo, Ademilson entrou no lugar de Henrique Miranda. Com isso, o polivalente Cícero foi deslocado para a lateral esquerda. No início do segundo tempo, Ney Franco fez nova alteração. Colocou Cañete na vaga de Ganso. Foi a primeira partida do argentino nesta temporada. Foi o terceiro jogo dele no clube.

Minutos depois, Ademilson recebeu bela bola pela direita e, por muito pouco, não marcou. A Ponte Preta cresceu na partida e assustou o goleiro Denis em duas oportunidades. Aos 27 minutos, a última mudança no São Paulo. Lucas Farias, que estreou no time profissional, entrou no lugar de Willian José. As equipes buscaram o gol até o último minuto, mas o empate sem gols prevaleceu.

REAPRESENTAÇÃO
Todo elenco são-paulino voltará a treinar na tarde desta segunda-feira, no CT da Barra Funda. Na próxima quarta-feira, o São Paulo receberá a Universidad Católica, no Morumbi, pelo segundo jogo das semifinais da Sul-Americana. Na partida de ida, empate em 1 a 1 entre as equipes.