Publicidade
Esportes
Craque

Em dia de recordes, São Paulo empata com o Fluminense

Luis Fabiano marcou o gol no empate em 1 a 1, na tarde deste domingo, no Morumbi 04/11/2012 às 17:17
Show 1
Luis Fabiano marcou o gol no empate em 1 a 1 com o Fluminense
Kaue Freitas/ São Paulo ---

Duas grandes equipes. Um recorde de público neste Campeonato Brasileiro. Em campo, dois goleadores. São Paulo e Fluminense fizeram um bom jogo na tarde deste domingo, no Morumbi, mas ficaram no empate em 1 a 1. Luis Fabiano e Fred foram os donos dos gols no confronto.

Com o empate, o Tricolor Paulista subiu para 59 pontos e segue na quarta colocação na tabela de classificação do Brasileiro. Apesar da igualdade, a partida foi histórica para Luis Fabiano. Com o gol, Fabuloso chegou a 84 em Brasileiros e se tornou o maior artilheiro do clube na história da competição.

A torcida também fez sua parte. O público total de 54.118 foi o recorde do Brasileiro de 2012. Isso só mostra a força dos torcedores são-paulinos nesta competição. O São Paulo tem os principais públicos do Nacional. Nesta reta final de temporada, esse apoio será fundamental para o Tricolor.

SEM GOLS
Diante do líder Fluminense, o técnico Ney Franco contou com o retorno de Luis Fabiano, recuperado de dores musculares. O camisa 9, muito concentrado desde o vestiário do Morumbi, fez boas jogadas na primeira etapa. Em um dos lances, ele partiu para cima da zaga carioca e, por muito pouco, não marcou.

Foi uma partida muito equilibrada nos 45 minutos iniciais no Morumbi. O Fluminense também chegou com perigo em algumas oportunidades, tanto que o lateral-esquerdo Cortez precisou tirar a bola praticamente de cima da linha para que o time visitante não abrisse o placar.

No ataque, além de Luis Fabiano, Osvaldo apareceu bem. Após boa trama no campo de ataque, Cortez cruzou na medida para o camisa 17, que cabeceou com perigo. Após o lance, ele pediu o apoio da torcida são-paulina. Um primeiro tempo muito disputado, digno da qualidade das equipes.

ARTILHEIROS MARCAM
Logo no início do segundo tempo, o zagueiro  Gum errou na frente de Luis Fabiano. Aí, o artilheiro não costuma perdoar. O camisa 9 driblou o goleiro Diego Cavalieri e tocou para o fundo da rede para abrir o placar no Morumbi. Um gol histórico para a carreira deste grande artilheiro são-paulino.

Se lá na frente Fabuloso faz a diferença, Rogério Ceni é o dono do gol são-paulino. O goleiro fez duas ótimas defesas em ataque do Fluminense. Uma delas, ele parou Fred. No entanto, aos 23 minutos, o atacante Fred recebeu em boas condições e, com o gol livre, deixou tudo igual no confronto.

Aos 35 minutos, Ademilson entrou no lugar de Osvaldo, que deixou o gramado com dores musculares. No fim do jogo, Willian José foi a campo na vaga de Jadson. Ademilson fez boa jogada pela esquerda e obrigou Diego a fazer grande defesa. Um jogo equilibrado, que terminou empatado no Morumbi.

REAPRESENTAÇÃO
O elenco tricolor voltará a treinar na tarde desta segunda-feira, no CT da Barra Funda. Na próxima quarta-feira, a equipe enfrentará a Universidad de Chile, pelas quartas de final da Copa Sul-Americana. No jogo de ida, em Santiago, o São Paulo venceu por 2 a 0, com dois gols de Willian José.