Publicidade
Esportes
VOLEIBOL

Em Manaus, entidades disputam a 5ª edição da Copa Solidária Pedro Pantoja

Jogos iniciam no domingo (15) na quadra da Assembleia Legislativa e tem objetivo de arrecadar 700 kg de alimentos 10/10/2017 às 11:25
Show pedro pantoja
Copa ganhou nome de Pedro Pantoja após idealizador falecer vítima de câncer (Foto: Arquivo/AC)
acritica.com Manaus (AM)

Doze equipes representando entidades disputam a partir de domingo (15) a 5ª edição da Copa Solidária Pedro Pantoja de Vôlei. Os jogos da competição vão acontecer na quadra da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), no bairro Parque 10, Zona Centro Sul de Manaus, que tem a meta de arrecadar 700 kg de alimentos em 2017.

O evento acontece desde 2012 na capital e reúne dezenas de atletas amadores de voleibol, que ao longo dos anos se mostrou um dos maiores torneios filantrópicos da cidade. Prova disso foi a quantidade de alimentos alcançada no ano passado, superando a marca de uma tonelada somente através de doações.

“A copa surgiu da ideia de reviver os bons tempos de vôlei. Pedro Pantoja foi um dos idealizadores da Copa Solidária junto com Gabriel Mota e Leandro Tapajós. Na época a Copa levava o nome de Copa Solidária Meninos do Vôlei”, lembra o presidente da Copa, Rodrigo Athayde.

Segundo ele, a competição passou a ser chamada Pedro Pantoja após o seu falecimento vítima de câncer. “O Pedro, além de ser um amigo querido por todos, sempre teve esse lado solidário aflorado. Ele era o principal motivador das peladas de vôlei, sempre muito divertido e com aquele sorriso lindo que sempre estampava no rosto, por isso que após o perdermos fizemos essa homenagem mais do que merecida de dar o seu nome para nossa copa”, relembra.

Competição

Os jogos do torneio iniciam neste domingo com 12 equipes se enfrentando após sorteio. As instituições pesquisadas na cidade e escolhidas pelos atletas são: Instituto Amazonas de Autismo, Lar Batista Janell Doyle, Lar das Marias, Lar da Wal, Núcleo de Assistência a Criança em Situação de Risco, Casa do Idoso São Vicente de Paulo, Abrigo Coração do Pai, Associação Mãos Amigas Fortalecendo Amizade, Associação Surdos e Mudos, Casa da Criança, Casa de Acolhimento LGBT e Fraternidade Irmãos da Caridade.

Segundo Athayde, 76 atletas – sendo seis por cada entidade – disputam as partidas em todos os domingos até o dia 17 de dezembro deste ano, data prevista para acontecer a final da Copa Solidária. A equipe vencedora terá o direito de doar os alimentos arrecadados na competição para a entidade que defendeu durante a competição.

Serviço:

O que: Copa Solidária Pedro Pantoja de Vôlei

Quando: A partir de domingo (15), às 13h

Onde: Quadra da Assembleia Legislativa do Amazonas, localizada na avenida Mário Ypiranga, Parque 10 de Novembro

Entrada: Colaboração de 1 kg de alimento