Publicidade
Esportes
Craque

Em Manaus, mulheres trocam o ‘sábado no salão’ por corrida de rua

Cerca de 1200 beldades participaram da segunda edição da Corrida Internacional da Mulher Ritta Calderaro, na Ponta Negra, Zona Oeste da capitaL Amazonense 10/03/2012 às 19:40
Show 1
A corrida, assim como em 2011, foi sucesso total, todas as participantes receberam uma medalha personalizada especialmente para esta ocasião
Lorenna Serrão Manaus

Todo mundo sabe que o sábado é o “dia do salão de beleza” para a maioria das mulheres brasileiras que querem ficar ainda mais bonitas. Mas em Manaus, pelos menos neste sábado (10), cerca de 1200 mulheres trocaram o salão pela pista da Ponta Negra, Zona Oeste da capital amazonense e foram participar da segunda edição da Corrida Internacional da Mulher Ritta Calderaro, que este ano teve recorde de inscrições.

Antes da largada, as beldades fizeram um aquecimento e a competição, organizada para comemorar o dia da mulher (08 de março), se transformou em uma verdadeira festa. Cabelos amarrados, soltos, tênis estilosos, batom na boca e claro muito protetor solar, assim as belas manauaras partiram para percorrer os cinco quilômetros da prova.

A corrida, assim como em 2011, foi sucesso total, todas as participantes receberam uma flor e medalha personalizada especialmente para esta  ocasião e em seguida receberam tratamento de beleza diferenciado, afinal hoje é sábado, dia de ficar linda.

A atleta Ciranilde Silva completou o percurso em 17 minutos e conquistou o bicampeonato. Ela disse que é sempre bom vencer e que chegar em primeiro lugar na corrida da mulher é uma honra.

“Me preparei bastante e graças a Deus deu tudo certo, superei o tempo do ano passado quando completei a prova em 20  minutos e hoje o tempo foi mais curto, é muito gratificante participar deste evento”, declarou a bicampeã – que no próximo domingo (18) será o Amazonas em uma corrida, em Porto Velho (RO).

Para o secretário Municipal de Desporto e Lazer, Fabrício Lima, a Corrida da Mulher é mais um exemplo de Manaus respira cada vez mais esporte.

“Mais um evento esportivo que nós começamos no horário, as 17h em ponto, respeitando as mulheres, quero aproveitar para agradecer a polícia militar e todos os amigos que contribuíram para a realização da segunda edição da Corrida da Mulher com recorde de público”, comentou.

O titular da Semdej também falou sobre a homenageada da prova, dona Ritta Calderaro, que infelizmente não pôde comparecer ao evento,

“A dona Ritta é uma mulher guerreira que mostrou que ao lado de todo homem existe uma grande mulher, ela representa muito bem todas as mulheres, é um exemplo”, finalizou.