Publicidade
Esportes
Craque

Em tarde de Lucas, São Paulo vira e goleia o Sport, fora de casa

Com a vitória o Tricolor abre sete pontos em relação ao Internacional, quinto colocado. Próximo desafio será contra o Fluminense, no Morumbi 27/10/2012 às 17:55
Show 1
Jogadores do São Paulo comemoram mais um gol
Carlos Eduardo Souza Manaus (AM)

Antes de começar a rodada deste sábado, todos diziam que o São Paulo tem pela frente uma sequência complicada no Campeonato Brasileiro. E, nessas horas, é bom contar com jogadores diferenciados, que são capazes de decidir uma partida. Lucas foi esse jogador para o Tricolor Paulista na noite deste sábado.

O camisa 7 deu show, marcou três gols e comandou a vitória do São Paulo sobre o Sport por 4 a 2, em plena Ilha do Retiro. Rivaldo, contra, fez o outro. Foi a primeira vez no time profissional são-paulino que Lucas fez três gols em um mesmo jogo. Parece ter escolhido o momento certo para isso.

O baile comandado por Lucas deixou o Tricolor com 58 pontos e dentro do G4, sete pontos a mais que o Internacional, que passou o Vasco. Além disso, a equipe colou no Grêmio e a diferença caiu para dois pontos. Nas duas próximas rodadas, Fluminense e o próprio time gaúcho serão os adversários. Essa é a sequência difícil que todos estavam dizendo, mas não contavam com o show do craque são-paulino.

O São Paulo entrou em campo com novidades na escalação. Sem Denilson (suspenso) e Osvaldo (lesionado), Ney Franco colocou Maicon e Douglas na equipe. No entanto, o Sport foi mais ligeiro que o Tricolor e abriu o placar na Ilha do Retiro aos 13 minutos com o atacante Gilberto.

Mas, a partir daí, o São Paulo tomou conta da partida e tudo começou a dar certo. Aos 17 minutos, Lucas soltou um petardo de fora da área e não deu chances para Saulo. O meia-atacante viraria a partida aos 29. No lance, Saulo soltou a bola non pé do são-paulino, que empurrou para o fundo da rede.

Com mais posse de bola, o time paulista chegou ao terceiro gol. Aos 33 minutos, Luis Fabiano tocou para Cortez, que poderia fazer o gol. Porém, Rivaldo chegou antes e marcou contra. Outro destaque na primeira etapa foi Rogério Ceni, que fez pelo menos três boas defesas e evitou mais gols dos pernambucanos.

HAT-TRICK

No início do segundo tempo, Ney Franco precisou fazer a primeira mudança. O treinador tirou Maicon, com dores musculares, e colocou o garoto Ademilson. A noite era de Lucas. Aos 13 minutos, o camisa 7 tabelou com Luis Fabiano e tocou na saída de Saulo para marcar o terceiro dele no jogo, o quarto do Tricolor.

Rogério Ceni também merece destaque. Aos 26 minutos, o M1TO fez excelente defesa em chute de Hugo. Após o lance, Casemiro foi para o jogo na vaga de Denilson. Aos 34, Rogério nada pode fazer para evitar o segundo gol do Sport, marcado por Hugo de pênalti. Nesta altura da partida, o Tricolor já dominava por completo o adversário.

Aos 38, Cícero foi a campo na vaga de Paulo Miranda. Uma vitória importante para o Tricolor, que abriu mais vantagem em relação ao quinto colocado e colou no Grêmio, que empatou na rodada. Nesta reta final do Brasileiro, a equipe encontrou uma maneira de jogar e conta com diferencial de ter jogadores como Rogério Ceni, Wellington, Lucas, Luis Fabiano...

REAPRESENTAÇÃO

O elenco são-paulino voltará a treinar na segunda-feira, às 16h, no CT da Barra Funda. Todo o grupo recebeu folga neste domingo de eleição. Na quarta-feira, o Tricolor vai ao Chile para enfrentar a Universidad de Chile pela primeira partida das quartas de final da Copa Sul-Americana.