Publicidade
Esportes
Craque

Everton volta ao Engenhão, onde fez seus dois gols neste Brasileirão

Também é curioso o fato de Everton, apesar da estatura (1,71 m), marcou os dois gols de cabeça. Cruzeiro não decolou no Brasileiro desse ano 16/11/2012 às 15:20
Show 1
Everton, jogador do Cruzeiro, durante treino
Acritica.com Manaus (AM)

O volante e lateral Everton voltará, neste domingo, ao estádio em que marcou seus dois gols neste Campeonato Brasileiro: o estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, onde o Cruzeiro vai enfrentar o Fluminense, às 17h, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O primeiro foi na vitória por 3 a 2, de virada, sobre o Botafogo-RJ, no dia 7 de junho, pela 3ª rodada; e o segundo no empate em 1 a 1 com o Flamengo, no dia 13 de outubro, em jogo válido pela 29ª rodada.

Além disso, também é curioso o fato de Everton, apesar da estatura (1,71 m), marcou os dois gols de cabeça. Em uma conversa com o Site Oficial do Cruzeiro, o jogador falou desse retorno ao Engenhão e da partida contra o Fluminense, que conquistou o título brasileiro deste ano de forma antecipada na rodada passada.

“É, Graças a Deus, como você falou, fiz dois gols neste Brasileirão, e os dois no Engenhão. Espero marcar mais um, mas, o principal, é o Cruzeiro vencer o jogo e somar três pontos. Sabemos que o Fluminense é um time bastante qualificado, que foi campeão brasileiro com três rodadas de antecedência, mas sabemos da nossa força e vamos ao Rio de Janeiro para tentar conseguir os três pontos”.

Sobre voltar a balançar a rede no Engenhão, Everton ressaltou a importância de o Cruzeiro vencer e, se o gol for dele, melhor. “Primeiramente, o pensamento é de procurar os três pontos, seja com gol do Everton ou de outro jogador. O importante é a gente vencer. Mas, é claro, se fizer mais um golzinho, ficarei muito feliz”.

Por fim, Everton disse que o objetivo cruzeirense nas rodadas finais é somar pontos e garantir presença na zona de classificação para a Copa Sul-Americana, por mais que, de acordo com a mudança do regulamento pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a participação naquela competição dependa de um insucesso na Copa do Brasil do ano que vem.

“Temos três jogos, vamos tentar somar o máximo de pontos para tentar nos garantir na zona que possibilitará a classificação para a Copa Sul-Americana do ano que vem, competição que é importante e está dando vaga para a Copa Libertadores”.