Publicidade
Esportes
Craque

Ex-treinadora da Seleção Brasileira de Ginástica Rítmica ministrará curso em Manaus

A professora Giurga Nedialkova, da Bulgária, é presença constante nos treinamentos da modalidade amazonense 10/04/2012 às 07:56
Show 1
Desde de 2005 professora Giurga Nedialkova búlgara atua na modalidade, em Manaus
Nathália Silveira Manaus

Desde 2005, a técnica e professora Giurga Nedialkova, da Bulgária, é presença constante nos treinamentos da ginástica rítmica amazonense. Ela, que já comandou a Seleção Brasileira em 2009 e 2010, conseguiu melhorar a técnica e a postura das atletas e até vislumbrar quais seriam destaques na modalidade, a exemplo da pequena Bianca Maia - campeã Pan Americana de 2011.

Retornando a Manaus para contribuir com a evolução do esporte, Nedialkova ministrará um curso para dez meninas, entre hoje e 2 de maio, dando continuidade ao trabalho que realiza em Manaus há seis anos. A técnica - que chegou no domingo - criticou duramente como o País trata seus atletas e aponta porque a ginástica ainda não despontou. Para ela, três palavras resumem o caminho para que o Brasil possa despontar na modalidade: olhar, cuidar e desenvolver.

“No Brasil não existe esporte de alto rendimento. Aqui se cria um atleta para colecionar títulos, por isso ele não tem vida longa. Assim, ele é forçado a ter uma qualidade física que para a idade dele ainda não é possível”, comentou, ao afirmar que Manaus pode ser considerada a única cidade do País a desenvolver, juntamente com a Federação Amazonense de Ginástica (FAG) e Secretaria  Estadual de Juventude Esporte e Lazer (SEJEL), um trabalho com foco no banco de talentos.

“Há alguns anos fizemos uma seleção de meninas. Desde então trabalho de forma planejada com elas. Também oriento as técnicas para que haja sequência no trabalho”, afirmou Nedialkova, apontando que a falta de preparação dos profissionais, como especialização ou escola de ginástica rítmica no currículo, faz diferença no crescimento qualitativo da modalidade. “A maioria das pessoas que dão aula são formadas em Educação Física e não estão preparadas. Isso tem que mudar”.

Amazonas de olho no Brasileiro
A vinda de Giurga Nedialkova para Manaus, segundo a presidente da Federação Amazonense de Ginástica (FAG), Verônica Martins, também vai preparar as ginastas locais para o Torneio de Abertura de Ginástica Rítmica, que acontece no sábado (14), a partir das 9h, na Vila Olímpica de Manaus, reunindo as categorias pré-infantil, infantil, livre e juvenil, de clubes e associações. A titular da FAG explica que os treinos serão focados para o alto rendimento das atletas que participarão do Campeonato Brasileiro Juvenil, já que o evento do final de semana servirá de seletiva para a competição.

“Com o treinamento específico, essas meninas estarão aptas a brigar por uma vaga no Campeonato Brasileiro Juvenil, que será realizado em maio. A secretária estadual, Monica Campelo, fez questão de trazer a técnica e estamos felizes com isso”, disse Verônica, ao completar que 47 ginastas se inscreveram para o torneio. O Congresso Técnico do evento, será realizado hoje, às 19h30, na sala 1 da Federação, localizado no Renné Monteiro.