Publicidade
Esportes
Craque

Família pede e Adinamar não assumirá Rio Negro, mas aceita cargo de coordenador técnico

Há dois anos sem treinar nenhuma clube – o último foi o Penarol, em 2012  – Adinamar volta ao Rio Negro, clube onde começou e mais atuou como treinador 16/04/2015 às 18:10
Show 1
Treinador volta ao clube onde começou a carreira como técnico e onde mais atuou na função
Felipe de Paula Manaus (AM)

Um dia após anunciar que seria apresentado como treinador do Rio Negro no restante da temporada, o técnico Adinamar Abib conta ter recuado do convite para o comando do time a pedido da família. De acordo com ele, o desafio que aceitou assumir foi o de cargo de coordenador técnico do clube e, com isso, Roberley Assis não perde seu posto e continua à frente do Galo.

Há dois anos sem treinar nenhuma clube – o último foi o Penarol, em 2012 (onde foi campeão em 2011) – Adinamar volta ao Rio Negro, clube onde começou e mais atuou como treinador. Segundo ele, foram 12 vezes à frente do Clube da Barriga Preta, onde também iniciou a carreira de técnico no ano de 1983.  Com satisfação de quem volta pra casa, o treinador explicou que a razão pela qual não assumiu o time é nobre.

“Quando meus filhos souberam, a primeira coisa que eles disseram foi: "papai, você não assuma nada”, disse ele, que há dois anos teve problemas cardíacos detectados em exame. “Você sabe que família a gente tem que respeitar”, disse o treinador, que quer passar o legado de experiência para o atual treinador. “Aquilo que eu adquiri de conhecimento e experiência, vou passar para ele (Roberley)”, declarou.