Publicidade
Esportes
Craque

Fernandão surte efeito, Inter faz 4 a 1 no Atlético-GO e se reabilita no Brasileirão

Ovacionado antes, durante e depois dos 90 minutos, Fernandão foi o personagem da tarde. E conseguiu debutar na nova função da melhor forma 22/07/2012 às 17:47
Show 1
Internacional não teve dificuldades para vencer o lanterna Atlético-GO
Uol/ Esporte ---

A mudança surtiu efeito. A sacudida pretendida pela cúpula funcionou. Dois dias depois de assumir, Fernandão fez o que Dorival Júnior não vinha conseguindo. Neste domingo, com o ídolo na casamata, o Internacional voltou a vencer no Brasileirão: 4 a 1 em cima do Atlético-GO. Dagoberto, Elton, Fred e Jajá marcaram no jogo que reabilita o time e deixa marca positiva na nova era no Beira-Rio.

Ovacionado antes, durante e depois dos 90 minutos, Fernandão foi o personagem da tarde. E conseguiu debutar na nova função da melhor forma. Depois de um primeiro tempo truncado, o Inter deslanchou na etapa final e goleou. Pela primeira vez no campeonato. Com o resultado, o Colorado chega aos 19 pontos e cola no grupo de cima da tabela. O Atlético-GO, por sua vez, permanece na lanterna com cinco pontos.

O novo chefe mudou o esquema, botou um estreante no meio-campo, o volante Ygor, mas o Internacional não decolou de cara. Nos primeiros 45 os donos da casa tiveram mais posse, mostraram disposição, mas sem uma referência ofensiva a missão era difícil.

Fred, o mais avançado do meio-campo, foi o destaque pela movimentação. Outro que se empenhava para vencer as limitações – impostas por vários desfalques, era Dagoberto. Fernandão conseguia ver uma equipe empenhada, melhor que o Atlético-GO, mas sem vantagem no placar.

A fragilidade do ataque vermelho era tão grande que o gol saiu dos pés de um volante. Elton, aos 20 minutos, achou uma brecha no meio da zaga goiana. O camisa 15 recebeu um belo lançamento de Dagoberto e acertou o canto direito do goleiro Márcio.

O golpe de resposta do lanterna foi forte. Aos 27, Bida cobrou escanteio da esquerda. A defesa do Inter não conseguiu cortar e Reniê conferiu. Na segunda trave ele mandou para a rede. O gol não abateu o Colorado. Mas deixou o confronto aberto, como nunca.

No segundo tempo, Fernandão mudou. Do vestiário voltou com o Otávio na vaga de Edson Ratinho. O lateral direito de atuação mais do que discreta deixou a posição para Elton. Fred foi recuado e o garoto de 17 anos, que já havia entrado bem contra o Santos, deu sorte.

Com 1 min, o Internacional voltou a marcar. Jajá serviu Fabrício e ele Dagoberto. O camisa 20, que foi garçom antes, se antecipou ao zagueiro e fez. A vantagem encheu a equipe de moral e obrigou o Atlético-GO a sair mais. O terceiro gol foi questão de tempo.

Após roubar a bola na defesa, Fred dispara pelo meio. O contra-ataque chega até Jajá e ele bate na saída de Márcio. Ao comemorar, o camisa 17 botou um boné na cabeça e imitou um rapper na companhia do fiel escudeiro, o lateral Fabrício. Antes do fim, Fred recebeu na frente do gol e colocou rente ao poste direito.