Publicidade
Esportes
Craque

Fisgando as sereias: meninas do Iranduba encaram o Santos nesta quarta (27), na Colina

Representante do Amazonas no Brasileirão, a equipe feminina do Iranduba tem partida difícil contra o time paulista na estreia em casa. Uma vitória encaminha classificação para próxima fase do torneio 27/01/2016 às 09:27
Show 1
Equipe do Iranduba pronta pra receber as Sereias da Vila, na Colina.
Denir Simplício Manaus (AM)

As meninas do Iranduba entram em campo nesta quarta-feira (27), às 20h, no estádio da Colina, para enfrentar a equipe do Santos, pela segunda rodada do Grupo 1, do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino de 2016. As “Guerreiras do Hulk” estreiam em casa depois de vencerem o Tiradentes-PI por 1 a 0, na abertura da competição. As adversárias da vez são as “Sereias da Vila”, que também triunfaram na rodada inicial ao bater a Portuguesa-SP pelo mesmo placar.

É a oportunidade do torcedor amazonense ver de perto a nova equipe do Verdão, que está se reestruturando e ganhou mais de uma dezena de novas atletas - muitas delas com passagens pela Seleção Brasileira principal e de base -  para a temporada. Uma desses reforços é a volante  Djenifer Becker. Campeã da Copa do Brasil de 2015 com o extinto Kindermann-SC, a catarinense de 20 anos, que já disputou Mundial Sub-20 da Fifa  com o Brasil, conhece boa parte do time santista e dá a dica para tentar “pescar” as Sereias da Vila.

“Conheço quase todas (jogadoras do Santos). É um time bem treinado, um time ofensivo, com jogadoras de ataque muito perigosas”, disse a jogadora, lembrando que o Iranduba deve ficar alerta com a equipe treinada por Caio Couto. “Teremos que ter uma marcação muito forte, para ganhar o meio de campo. E nossa zaga ficar atenta nas adversárias”, disse DB8 (Djeni Becker 8), como é conhecida por seu fã clube na internet.

Jogo duro

As lembranças da última visita das Sereias da Vila a Manaus não são boas para o Iranduba. As santistas golearam as amazonenses, já eliminadas, por 4 a 0, no último Brasileirão. No entanto, o técnico do Verdão, Olavo Dantas, analisa que sua equipe tem trabalhado bem. “Será um jogo difícil, sabemos da qualidade das adversárias, mas treinamos bem nesses últimos dias e agora é pôr em pratica o que feito nos treinamentos”, disse.


Expulsa no duelo com o Tiradentes, Mari é desfalque certo. Três jogadoras brigam pela vaga: Deise, Elisa e Natane. Na lateral-esquerda, Ju Acre, com dores no tornozelo direito, também é dúvida e Bruna está de sobreaviso. “É um jogo bastante difícil, pois sabemos da qualidade do Santos. Mas, nosso time tem novos reforços. Estamos tranquilas, então a classificação só depende de nós”, enfatizou Ju, que afirmou que vai pro jogo e trata a partida contra as santistas como primordial para o avanço no campeonato.