Publicidade
Esportes
Craque

Fla prepara dossiê com exame que aponta álcool no sangue de Ronaldinho durante treino

A aposta do vice-presidente jurídico Rafael de Piro é que o exame de sangue seja decisivo. "Essa é apenas mais uma prova do dossiê que estamos montando 05/06/2012 às 14:42
Show 1
R10 posa com a camisa do Galo durente treino
Uol Rio de Janeiro (RJ)

O Flamengo prepara um dossiê para entregar à Justiça com todas as falhas de Ronaldinho Gaúcho durante a sua passagem pelo clube. Entre os relatos de indisciplina, um dos maiores trunfos do departamento jurídico para cassar a liminar que libera o atleta para assinar com outro clube – fechou com o Atlético-MG nesta segunda-feira – é um exame de sangue. O resultado apontou presença de álcool no organismo do meia-atacante durante treinamento no centro de treinamento do clube.

A aposta do vice-presidente jurídico Rafael de Piro é que o exame de sangue seja decisivo. "Essa é apenas mais uma prova do dossiê que estamos montando. O Ronaldo realizou um exame e ficou constatado que tinha álcool no sangue dele durante um treino no Ninho do Urubu. Foi uma amostragem recolhida durante este ano. É mais uma prova contra o jogador. E desta vez muito grave. Espero ter isso em mãos nos próximos dias. Vamos lutar com todas as armas que pudermos", revelou em entrevista ao UOL Esporte.

Em outra frente, o clube da Gávea promete ter a ajuda de jogadores que atuaram com R10 durante a sua passagem pelo Rubro-Negro. Segundo jornal O Globo, atletas do atual elenco e funcionários também serão convidados para testemunhar o comportamento pouco profissional do ex-capitão do time.

De acordo com de Piro, alguns já se colocaram à disposição para contar à Justiça o que viram. “Isso deve acontecer durante o processo. As provas testemunhais são importantes. Gente que trabalhou e conviveu com Ronaldinho. Funcionários do clube, incluindo jogadores e também ex-funcionários”, comentou o dirigente ao jornal.

 O Fla se arma para entrar forte na briga judicial contra Ronaldinho Gaúcho, que assinou contrato nesta segunda-feira com o Atlético-MG. Em uma dessas frentes, o clube da Gávea promete ter a ajuda de jogadores que atuaram com R10 durante a sua passagem pelo clube. Segundo jornal O Globo, atletas do atual elenco e funcionários também serão convidados para testemunhar a atitude pouco profissional do ex-capitão do time.

Uma das provas que o Flamengo também acredita ser fundamental é um vídeo que mostra Ronaldinho se encontrando com uma mulher na concentração do clube, em Londrina, em janeiro. As imagens vazaram nesta segunda-feira e desmentem o jogador. Em entrevista à TV Globo no domingo, ele afirmou que apenas conversou com a pessoa no hotel. O horário da gravação, no entanto, mostra que Ronaldinho entrou no quarto da mulher às 23h e saiu somente às 9h do dia seguinte.

O departamento jurídico do clube não descarta ir à Fifa para reaver seus direitos sobre Ronaldinho Gaúcho, mas diz acreditar em uma vitória. "Estou confiante em todas as frentes deste processo. Estamos reunindo provas suficientes para mostrar que está certo na história", reforçou de Piro.

O jogador encerrou seu vínculo com o Flamengo na última quinta-feira. Ele cobra uma dívida de R$ 40.177.140,00 e conseguiu a vitória na Justiça na 9ª Vara do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro.