Publicidade
Esportes
Craque

Flamengo vence Universitario-BOL e supera primeiro desafio na altitude

Em jogo-treino contra o Universitario, em Sucre, o rubro-negro pôde sentir os efeitos da altitude, principal adversário do duelo decisivo da próxima quarta-feira 21/01/2012 às 11:14
Show 1
Léo Moura, Ronaldinho e Renato comemoram o gol do Fla em jogo-treino na Bolívia
UOL/Esporte ---

Após 17 dias de uma intensa preparação, o Flamengo encarou, na noite da última sexta-feira, o seu primeiro grande desafio visando a partida contra o Real Potosí, dia 25, pela pré-Libertadores. Em jogo-treino contra o Universitario, em Sucre, o rubro-negro pôde sentir os efeitos da altitude, principal adversário do duelo decisivo da próxima quarta-feira. Ainda que não tenha feito a melhor de suas exibições, o time carioca venceu por 1 a 0, gol de Renato Abreu.

O estádio lotado, com cerca de 40 mil espectadores, e as condições adversas a 2.800 metros acima do nível do mar foram apenas uma prévia das dificuldades que o Flamengo deverá encontrar contra o Real Potosí. No local do jogo de quarta, o time jogará a 4.200 metros de altitude, o que o preparador físico Antônio Mello chegou a classificar de um "doping natural".

Com a formação que deve ser utilizada na partida contra o Potosí, o técnico Vanderlei Luxemburgo gostou do que viu no jogo treino desta sexta-feira. O treinador minimizou o placar e disse que o mais importante foi o time já sentir as condições que irá encontrar na próxima quarta-feira.

"Foi muito boa a movimentação, a bola estava viva e por isso pedi para eles tocarem mais. Foi um primeiro tempo abafado, mas no segundo nos soltamos um pouco mais. Gostei do que vi. Foi um jogo-treino e a vitória não quer dizer nada. O que vale mais foi que o time treinou bem e se movimentou. Serviu para sentir o peso da bola e as dificuldades que vamos sentir no jogo com o Potosí", disse Luxa, em entrevista ao site oficial do rubro-negro.

O treinador escalou o time com Felipe; Léo Moura, Welinton, David Braz e Júnior César; Willians, Airton, Luiz Antônio e Renato Abreu; Ronaldinho Gaúcho e Deivid. Na segunda etapa, Muralha e Negueba foram testados. Ambos tiveram uma boa participação e podem ser usados na partida decisiva de quarta-feira.

O Flamengo segue sua preparação em Sucre até a próxima terça-feira. No dia seguinte, a equipe embarca para Potosí, local da partida.